Crack na adolescencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O presente artigo tece comentário sobre substâncias psicoativas na adolescência no município de Pojuca - Bahia. Primeiramente fez-se uma investigação minuciosa sobre o tema apresentando sua abordagem histórica, as ações e reações da cocaína fumada no organismo e as formas de tratamento. Buscando como fundamentação fontes de pesquisas da delegacia municipal da cidade de Pojuca, no CAPS (Centro deAssistência Psico Social), internet, livros e revistas. O principal objetivo desse artigo é discutir, refletir e conhecer como as drogas especialmente a cocaína afeta diretamente trinta por cento dos adolescentes deste município.
A primeira parte refere-se à introdução, a segunda parte traz o desenvolvimento e por fim, apresenta-se às considerações finais acerca do trabalho realizado, asreferências e os anexos.

PALAVRA - CHAVE: Substancia psicoativas, adolescentes da cidade de Pojuca, Cocaína.

A justificativa deste artigo tem como principal foco abordar o uso de substancia psicoativas dos adolescentes no município de Pojuca, trazendo o histórico sobre a cidade e o da cocaína utilizada pelos adolescentes sendo que trinta por cento destes fazem o uso de tal substancias. Abordaremostambém a discussão acerca de: ações, reações, efeitos e tratamento.
Ao chegar a esta região, no século XVI, os invasores espanhóis entraram em contato com os índios, que costumavam mascar folhas de coca . A partir do século XIX, na Europa, a droga teve seu uso difundido como um energético, sendo indicado para o tratamento de depressão, fadiga, neurastenia e dependência de derivados do ópio. Acocaína passou a ser vendida sob várias formas, nas farmácias, como medicação, além de ser encontrada em bares, na forma de vinho e refrigerante. Até 1903, a Coca-cola era um xarope de coca. Nesta época, os fabricantes, preocupados com o risco de dependência, retiraram a cocaína da fórmula, substituindo-a por cafeína. Em 1914, a venda e o uso de cocaína foram proibidos na América e na Europa. Oconsumo permaneceu baixo até os anos 70. Em 1985, ele atinge o pico nos Estados Unidos.
Ao chegar ao Brasil no começo dos anos 90, o crack se tornou um flagelo entre os marginais, mendigos, e menores de rua. O consumo do crack entre a população mais abastada ainda não transparece nas pesquisas dos órgãos de saúde, na tabulação dos dados, ele esta quase sempre na mesma classificação da cocaína, daqual é uma visão inferior e mais tóxica.
Não há duvida de que o crack subiu de grau na escala social, e ele está por trás de oitenta por cento das internações, diz o psiquiatra Marcelo Machado, do centro Recanto Paz, em Pernambuco.
O crack e a cocaína em forma de pedra, feita para fumar em cachimbo, muitas vezes improvisados com potinho de iogurte e caneta, ou em copos plásticos, tem cheiroforte e estala fazendo “crack”,” crack”, daí o nome.
Os traficantes misturam as drogas com outras substancias, como bicarbonato de sódio, para aumentar o volume, adicionaram também cal e anestésicos como a “lidocaína”. A mistura é fervida e depois filtrada, transformando-se em pequenas pedras brancas do tamanho de uma pipoca.
Ao ser fumando, a droga atinge os pulmões e entra na corrente sanguíneainstantaneamente chegando ao cérebro em pouco segundo – ao contrario da cocaína em pó, que leva cerca de dez minutos para fazer o trajeto.
O histórico das substancias psicoativas começaram a fazer parte da vida de trinta por cento dos adolescentes pojucanos, por voltas dos anos dois mil. Chegando a bairros de classe média, alta e baixa, sobretudo em toda a cidade; quando surgiram às chamadasbocas de tráficos e a partir dai deram inicio a uma serie de assassinatos envolvendo jovens e adolescentes.
A escolha deste tema possibilitou-nos a conhecer a história da cocaína e como esta droga passou a fazer parte no dia-a-dia dos adolescentes no município de Pojuca, levando vários adolescentes há um caminho sem volta.



Pojuca é uma cidade do estado da Bahia, que faz parte da região...
tracking img