Coso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3633 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COSO - The Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission

Introdução

Criada originalmente em 1985 nos Estados Unidos, a National Commission on Fraudulent Financial Reporting (Comissão Nacional sobre Fraudes em Relatórios Financeiros), também conhecida como Treadway Commission[4], foi uma iniciativa independente do setor privado com a finalidade de estudar as causas daocorrência de fraudes em relatórios financeiros e contábeis e desenvolver recomendações para empresas públicas e seus auditores independentes e para as instituições educativas.
Esta Comissão foi patrocinada por cinco grandes associações de profissionais de classe ligadas à área financeira, sendo totalmente independentes de suas entidades patrocinadoras:

* AICPA - American Institute of CertifiedPublic Accounts (Instituto Americano de Contadores Públicos Certificados)
* AAA - American Accounting Association (Associação Americana de Contadores)
* FEI - Financial Executives Internacional (Executivos Financeiros Internacionais)
* IIA - The Insititute of Internal Auditors (Instituto dos Auditores Internos)
* IMA - Institute of Management Accountants (Instituto dos ContadoresGerenciais)

Em 1992 esta comissão publicou o trabalho Internal Control – Integrated Framework (Controle Interno – Um Modelo Integrado), que tornou-se uma referência mundial para o estudo e aplicação dos controles internos.
Posteriormente a Comissão transformou-se em Comitê, passando a ser conhecida como COSO – The Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission (Comitê dasOrganizações Patrocinadoras).
O COSO é uma entidade sem fins lucrativos, dedicada à melhoria dos relatórios financeiros através da ética, efetividade dos controles internos e governança corporativa.

Atendimento à lei Sarbanes-Oxley

Em 2002, após os escândalos das companhias que manipularam suas informações contábeis (Enron, Tyco, WorldCom e outras), e que abalaram a confiança dos investidorese reforçaram a necessidade de maior transparência e confiabilidade na confecção e divulgação das informações contábeis e financeiras, o Congresso Americano pressionado pela Sociedade aprovou a Lei Sarbanes-Oxley, (Paul S. Sarbanes e Michael Oxley) que reformulou e regulamentou o mercado de capitais, como forma de erradicar a manipulação indevida de informações financeiras.
As mudanças básicasforam nas regras de governança corporativa com o aumento da responsabilidade dos executivos das organizações bem como dos responsáveis perante a emissão e divulgação de relatórios financeiros. Também foi dada mais ênfase no uso de controles internos mais rígidos.
Em suas 1107 Seções, a Sarbanes-Oxley imputa responsabilidades jamais vistas perante os diretores de corporações, que vão desde opagamento de multas ( que podem chegar a U$ 5 milhões ) ao cumprimento de longas penas de reclusão, sanções estendidas aos auditores que atestarem balanços com números fraudulentos. 
Ao regular a atividade de contabilidade e auditoria das empresa de capital aberto, a Sarbanes-Oxley reflete diretamente seus dispositivos nos sistemas de tecnologia da informação. Impossível separar-se processosde negócios e tecnologia no panorama corporativo atual. 
A Seção 404 da lei é o principal foco de atenção das empresas neste particular, por trazer os mandamentos sobre os controles de processos internos e sistemas contábeis. Esta Seção determina uma avaliação anual dos controles e processos internos para a realização de relatórios financeiros, com a obrigação de emissão de relatório,a ser encaminhado à SEC que ateste estes parâmetros. Este relatório deve conter: 
* Atestado de responsabilidade dos administradores da empresa e manutenção da estrutura dos controles internos e demais procedimentos;
* Avaliação e relatório de cumprimento de metas, ao final de cada ano fiscal, da eficácia dos procedimentos internos adotados para emissão de relatórios financeiros; ...
tracking img