Corrente migratoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (268 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Correntes migratórias
Quem tem fome tem pressa

Correntes migratórias, quando grande numero de pessoas mudam de região ou pais, observam que hoje no Brasilhá uma grande corrente migratória do nordeste para o sudeste ou do sul para o norte nos dois casos os emigrantes saem em busca de melhores condições de vida.Percebe-se que esse ato de deixar seu habitat natural é motivado por um desejo de uma vida digna, pois nascem e crescem em uma região pouco fértil que nãolhe dará um futuro promissor é o caso da região nordeste, despreparo e falta de qualificação na maioria das vezes são características do emigrante nordestino,já o emigrante sulista por sua vez tem uma qualificação mínima, mas não há trabalho em seu ramo no sul que o obriga a sair de sua região e ir à busca detrabalho que exija mão de obra qualificada.
Isso gera grandes consequências para as cidades, às mesmas estão despreparadas para receber o numero abusivos depessoas que vão se amontoando nas periferias formando as chamadas favelas, lugar onde não se tem o minimimo de dignidade, os políticos usam de indiferença com essaspessoas. As cidades tornam-se saturadas, a violência aumenta junto com o trafico de drogas armas. Ainda há a xenofobia vivida por esses emigrantes que ocolocam mais longe dos direitos sociais.
Isso posto, nos leva a aceitar que o êxodo tende a piorar a desigualdade social e as políticas sociais, cabe aos nossospolíticos apresentar uma solução emergencial justa e eficaz, pois já dizia o sociólogo Bentinho quem tem fome tem pressa.


Vinicius Leonel Krauspenhar
tracking img