Copa 2014

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 47 (11540 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COPA DO MUNDO 2014: IMPACTOS ECONÔMICOS NO BRASIL, EM MINAS GERAIS E BELO HORIZONTE

Edson Paulo Domingues Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (CEDEPLAR) Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Economia e-mail: epdomin@cedeplar.ufmg.br

Admir Antonio Betarelli Junior Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (CEDEPLAR) Universidade Federal de Minas Gerais,Faculdade de Economia e-mail: admirbet@cedeplar.ufmg.br

Aline Souza Magalhães Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (CEDEPLAR) Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Economia e-mail: alinesm@cedeplar.ufmg.br

RESUMO O objetivo deste trabalho é projetar os impactos econômicos da Copa do Mundo de 2014 sobre a economia brasileira, o estado de Minas Gerais e a região de BeloHorizonte. Consideram-se os investimentos em reforma/construção de infra-estrutura esportiva (estádios) e urbana divulgados recentemente pelo Ministério dos Esportes. Por meio de simulações com um modelo de equilíbrio geral computável são estimados os impactos das fases de construção e operação desses investimentos, com atenção especial às fontes de financiamento (público, privado e BNDES). Osresultados apontam para um efeito de crescimento adicional de cerca de 1% no PIB do Estado de Minas Gerais, e geração de 40000 empregos na microrregião de Belo Horizonte.

Palavras-chave: eventos esportivos, modelos de economia regional, infraestrutura, financiamento, equilíbrio geral computável Key words: sporting events, regional modeling, infrastructure, financing infrastructure, generalequilibrium.

ÁREA TEMÁTICA: Economia mineira

1

COPA 2014: IMPACTOS ECONÔMICOS NO BRASIL, EM MINAS GERAIS E BELO HORIZONTE Edson Paulo Domingues Admir Antonio Betarelli Junior Aline Souza Magalhães 1. INTRODUÇÃO A promoção de grandes eventos esportivos tem sido uma estratégia de diversos países para a atração de investimentos e de atenção internacional. Os benefícios econômicos destes eventosretratam um argumento utilizado para justificar o esforço e o gasto público para sediar tais eventos. Em 2009 o Brasil, especificamente a cidade do Rio de Janeiro, foi escolhido como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Um amplo estudo do impacto econômico desse evento foi divulgado pelo Comitê Organizador da candidatura brasileira, e os números divulgados ressaltaram os impactos econômicos darealização dos jogos na cidade e no país. Com base nesse estudo, encomendado pelo Ministério do Esporte, estima-se que o impacto econômico dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos sobre o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil será de R$ 22 bilhões até 2016, enquanto que, no período de 2017 a 2027, atingirá R$ 27 bilhões. Esse estudo indica que os investimentos injetados1 corresponderão um multiplicador deprodução de 4,262, o que representa uma movimentação na economia brasileira na ordem de R$ 102,2 bilhões (deflacionados para 2008) no período de 2009 a 2027. Dos 55 setores econômicos, construção civil (10,5%), serviços imobiliários e aluguel (6,3%), serviços prestados a empresas (5,7%), petróleo e gás (5,1%), serviços de informação (5%) e transporte, armazenagem e correio (4,8%) serão os maisbeneficiados pelo evento esportivo (Secretaria da Comunicação Social da Presidência da República, 2009). A Copa do Mundo de 2014 (Copa-2014) representa outro grande evento esportivo programado para o Brasil3. Na sua preparação, uma série de obras de infraestrutura, reformas e construção de estádios estão sendo programadas. Em meados de 2009 as 12 cidades-sede da Copa, que abrigarão jogos da competição, foramescolhidas: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Natal (RN), Recife (PE) e Salvador (BA). Além das 12 cidades escolhidas, participaram da disputa Rio Branco (AC), Belém (PA), Maceió (AL), Goiânia (GO), Florianópolis (SC) e Campo Grande (MS). Segundo declarações do secretáriogeral...
tracking img