Conto portugues

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (558 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
* Sobre o autor: Veríssimo, Érico

O autor Érico Veríssimo foi um escrito gaúcho, sendo considerado um dos melhores romancistas brasileiros. Fez parte do segundo tempo modernista. Recebeu váriosprêmios. Morreu vítima de enfarte no dia 28 de novembro de 1975, deixando de herança muitas obras.

* Síntese do enredo
O conto é sobre é um menino chamando Chico. Vive com seus pais e seu irmãomais velho. De origem pobre, é trabalhador mesmo sendo muito jovem. Acredita em Deus, mas tem uma eterna dúvida de porque Ele deixa que há tanta hierarquia social.

* Características dospersonagens
Chico, menino trabalhador, com apenas 7 anos de idade. Seu irmão mais velho, um alcóolatra. Sua mãe, paralítica e cadavérica. E seu pai, já falecido.

* Tempo e espaço.
A história se passano passado. E a narrativa se passa no mundo de Chico, que seria a cidade em que ele vive.

* Conto:
Chamava-se Chico. De quê? Ele mesmo não sabia…
– Gente pobre não tem nome… – costumavadizer.
Tinha sete anos. De dia vendia jornais, de noite apanhava bordoada do irmão mais velho, o Zico, que vivia embriagado.
A mãe havia muitos anos que estava atirada sobre um colchão velho, paralítica,cadavérica, tendo a todas as horas do dia, diante dos olhos baços e sem expressão, o mesmo quadro de misé-ria e desalento: as paredes sórdidas do quarto, donde pendiam molambos, o teto carcomido echeio de teias de aranha, a janela sem batentes, eterna-mente escancarada, mostrando uma nesga de céu em que nas noites claras se vislumbrava, como uma esmola luminosa, a claridade fugidia de estrelas…O pai – Chico mal se lembrava disto – morrera por um dia triste de inverno, de peste, e se fora, quase nu, dentro duma carroça velha que ia fazendo tóc-tóc-tóc-tóc. . ., aos solavancos, pela estradabarrenta e sinuosa que ia dar no cemitério.
Chico ouvia sempre dizer que havia lá em cima, no céu, um Deus muito bom e muito severo. que não queria que as crianças dissessem nomes feios nem...
tracking img