contar historia, uma arte sem idade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (284 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo:A autora relata suas experiências como contadora de histórias, que teve início durante seuestágio no curso de magistério, numa tentativa muito bem sucedida de chamar aatenção dascrianças que se encontravam numa sala na mais completa desordem e agitação. Percebeu queas histórias prendem a atenção dos ouvintes, além de informar e socializar.Por sentir-se tãogratificada com esta “arte”, decidiu escrever o livro para ensinar técnicas e reativar o interessedas pessoas para a importância de se contar histórias. (p.7-8)Capítulo 1: Escolha da históriaA história a ser contada, além de ser condizente com os interesses dos ouvintes, que variam deacordo com a faixa etária, deve levar em contao estilo e o gosto do narrador. Este, por suavez, deve adaptar a linguagem escrita, respeitando as peculiaridades de cada faixa etária,tornando a narrativa mais dinâmica einteressante. (p.13-14)Capítulo 2: Estudo da história infantilA autora enfatiza a importância de se captar a mensagem implícita na história, identificandoseus elementosessenciais, que devem ser contados na íntegra, e os detalhes, que podem ser descritos conforme a criatividade do narrador. (p. 21-22) A conclusão deve ficar a cargo dosouvintes, queno máximo, devem ser questionados sobre como agiriam se fossem os personagens, sem que o contador aplique lições ou aponte a moral da história. (p. 24)Capitulo 3: Formas deapresentação das históriasHá diversos recursos para se apresentar uma história como a simples narrativa, narrativa comauxilio de um livro, uso de gravuras, flanelográfo, desenhosou ainda, com a interferência donarrador e dos ouvintes. (p.31) Uma mesma história pode ser contada de várias formas, adepender dos objetivos e das circunstâncias. (p. 46)
tracking img