Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera - Uniderp
Centro de Educação a Distância

Período Letivo 2011/2
Semestre 4º
Disciplina: Contabilidade Intermediária
Nome Tutor Presencial: Mércia Rocha
Nome Professor EAD: Hugo Santana /Luiz Miguel
ATIVIDADE AVALIATIVA QUESTIONÁRIO
Curso: ADMINISTRAÇÃO

Atividade Avaliativa Questionário – Contabilidade Intermediária
Questões Dissertativas

Questão 1. (0,1)“Dominava Salomão sobre todos os reinos desde o Eufrates até a terra dos filisteus e até a fronteira do Egito; os quais pagavam tributos e serviram a Salomão todos os dias da sua vida”. (Bíblia. I livro dos Reis, 4-21). Com suas palavras, descreva o que você entende sobre tributos.
Resposta:
Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que nãoconstitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada.
 A natureza jurídica específica do tributo é determinada pelo fato gerador da respectiva obrigação, sendo irrelevantes para qualificá-la:
-A denominação e demais características formais adotadas pela lei;
-A destinação legal do produto da sua arrecadação.
-Os tributos sãoimpostos, taxas e contribuições de melhoria.

Questão 2. (0,1) O que são impostos cumulativos e não cumulativos. Explique.
Resposta:
É cumulativo o tributo que incide em duas ou mais etapas da circulação de mercadorias, sem que na etapa posterior possa ser abatido montante pago na etapa anterior. Exemplos típicos destes tributos são a COFINS, a contribuição para o PIS e a CPMF.É não-cumulativo quando o montante do tributo pago numa etapa da circulação da mercadoria pode ser abatido do montante devido na etapa seguinte. Os exemplos brasileiros são o IPI e o ICMS.

Questão 3. (0,1) (Prova de Suficiência, 2003 - CFC). Um dos princípios fundamentais de Contabilidade cita que: “oreconhecimento simultâneo das receitas e despesas, quando correlatas, é consequência natural do respeito ao período em que ocorrer sua geração”.
Este princípio é considerado o da: Competência

Questão 4. (0,1) “Desde que tecnicamente estimável, o registro das variações patrimoniais deve ser feito mesmo na hipótese de somente existir razoável certeza de sua ocorrência.” Este é um dos resultadosda observância do Princípio da: Oportunidade

Questão 5. (0,1) ”O cidadão paga nada menos do que 41 impostos e contribuições, além de inúmeras taxas. São valores cobrados pela União, pelos estados e municípios, alguns em cascata, num número crescente. Quando comparada ao PIB, a carga tributária do Brasil supera a de países como Estados Unidos (29% do PIB), Japão (28%) e Portugal e Espanha (30%).A média brasileira só perde para a da União Européia, de 35%, mas ultrapassa a de todos os países em desenvolvimento - México, Argentina, Uruguai e Paraguai, que apresentam, por exemplo, 22%, 20%, 16% e 11% do PIB respectivamente.
A grande maioria dos impostos é sobre vendas. Significa que todos os impostos sobre vendas acrescem os produtos. Assim, os estoques, então, são sempre acrescidos pelosimpostos? Explique.
Resposta:
Quando uma empresa realiza uma venda, devemos saber que uma boa parte do valor cobrado dos clientes se refere a Impostos e Contribuições que são devidos em função das diversas legislações tributárias (federal, estaduais e/ou municipais), que estabelecem como Fato Gerador a Circulação das Mercadorias, o Faturamento, entre outros. Em tese, esses valores só sãocobrados dos clientes porque a empresa foi onerada por estes tributos que deverão ser recolhidos aos cofres públicos nos prazos determinados
Questão 6. (0,1) Efetue o lançamento contábil na seguinte hipótese:
• Valor da matéria prima, R$ 30.000,00.
• IPI, R$ 1.500,00.
• Fornecedor R$ 31.500,00.
Débito: 30.000,00
Débito: 1.500,00
Crédito: 31.500,00

Questão 7. (0,1) Qual o regime contábil...
tracking img