Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1306 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 COMPONENTES DO CUSTO 4
2.1 DEFINIÇÕES 4
2.1.1 Sistemas de Acumulação de Custos 4
2.1.2 Custeio Variável 5
2.1.3 Custeio por Absorção 5
2.1.4 Custos Diretos e Indiretos 5
2.1.5 Custos Variáveis e Fixos 5
2.1.6 Rateio dos Custos Indiretos 5
2.1.7 Produtos em Processo 6
2.1.8 Produtos Prontos 6
2.2 UNIDADES EQUIVALENTES DE PRODUÇÃO 6
2.3 FORMAÇÃO DOPREÇO DE VENDAS 7
2.4 IMPOSTO SOBRE VENDAS 7
2.5 ANALISE CUSTO/VOLUME/LUCRO 7
2.6 IMPORTANCIA DE SISTEMA INTEGRADO 7
3 CONCLUSÃO 9
REFERÊNCIAS 10
INTRODUÇÃO

AUTARQUIA

Autarquias são pessoas jurídicas de direito público criadas por lei específica (Art. 37, XIX, da Constituição Federal), que dispõem de patrimônio próprio e realizam atividades típicas de Estado de formadescentralizada.
As autarquias podem ser territoriais ou institucionais.
Autarquias territoriais normalmente correspondem à descentralização administrativa realizada nos Estados unitários por regiões do país, onde executam de várias atividades estatais. Mas essa autarquia não ocorre no Brasil, pois os Estados e Municípios são unidades da federação.Autarquias institucionais, muito comuns na atualidade, são autarquias destinadas à execução de alguma específica atividade típica do Estado. As autarquias podem ser federais, estaduais, distritais ou municipais, conforme tenha sido criada pela União, Estado, Distrito Federal ou Município.

1 DEFINIÇÕES

1 Criação

As entidades com natureza autárquica, no Brasil já existiam antes mesmode ter o seu conceito elaborado pela doutrina ou pela legislação. De acordo com o pensamento de alguns doutrinadores, a primeira autarquia teria sido a Caixa Econômica Federal, instituída em 1861, pelo governo Imperial, porém sobre esse tema existem algumas controvérsias sobre a natureza jurídica.
Nos nossos dias seu conceito legal encontra-se embasado no artigo 5º, I, do Decreto-leinº 200: “serviço autônomo, criado por lei, com personalidade jurídica, patrimônio e receita própria, para executar atividades típicas da Administração publica, que requeiram, para seu melhor funcionamento, gestão administrativa e financeira descentralizada”.

2 Autonomia

A idéia da autarquia reside na necessidade da pessoa política criar uma entidade autônoma (com capacidade deadministrar-se com relativa independência e não de maneira absoluta, visto que há a fiscalização do ente criador) para a realização de atividade tipicamente pública, sendo uma das formas de materialização da descentralização administrativa. São pessoas jurídicas de direito público criadas por lei específica (Art. 37, XIX, da Constituição Federal), que dispõem de patrimônio próprio e realizamatividades típicas de Estado de forma descentralizada.

3 Patrimônio

Patrimônio inicial é formado com a transferência de bens móveis e imóveis da entidade-matriz para incorporar o ativo da nova pessoa jurídica, tal transferência não pode ser feita por Decreto ou outro ato unilateral.
Vários doutrinadores, com intuito de se adaptar a norma do Código Civil e mais ainda o deproteger os bens das pessoas federativas foram o de qualificar os bens públicos aqueles que integram o patrimônio das pessoas administrativa do direito público. Dessa forma, pacificou-se o entendimento de que os bens das autarquias são considerados como bens públicos.

4 Tributação

É vedado à União, aos Estados, ao distrito Federal e aos Municípios instituir impostos sobrepatrimônio, renda ou serviços, uns dos outros. No que se diz respeito ao patrimônio à renda e aos serviços vinculados a suas finalidades essenciais ou às delas decorrentes, a vedação é extensiva às autarquias e fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público.

5 Contabilidade

Contabilidade tem um papel essencial, pois consegue tirar várias informações financeiras e econômicas...
tracking img