Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9777 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
7
Neste capítulo
1. Pesquisa

Capítulo

Noções de estatística

estatística
2. Representações

gráficas
3. Histograma

Logotipo criado pela ONU para a campanha 8 jeitos de mudar o mundo.

Comece pelo que já sabe
Ao avaliar os maiores problemas mundiais, a ONU (Organização da Nações Unidas) estabeleceu, em 2000, os oito objetivos do milênio, que no Brasil são chamados de“oito jeitos de mudar o mundo”, com o intuito de melhorar a condição de vida das pessoas e do planeta. No Brasil, por exemplo, há alimentos suficientes para alimentar toda a população. Apesar disso, 29% das pessoas estão abaixo da linha da pobreza e apresentam deficiência alimentar. Além disso, apesar de o Brasil ter aproximadamente 12% de toda a água doce do planeta, 22 milhões de pessoas não têmacesso à água de boa qualidade. 1. Supondo que os dados acima sejam referentes ao ano de 2000 e que houvesse 170 milhões de brasileiros nessa época, quantos deles estavam abaixo da linha da pobreza e apresentavam deficiência alimentar? Qual é a porcentagem de brasileiros que não tinham acesso à água de boa qualidade? 2. Converse com seus colegas sobre que outros dados devem ter sidoconsiderados na elaboração desses objetivos pela ONU e o que pode ser feito para ajudar na concretização desses ideais.

166

1. Pesquisa estatística
Não é de hoje que a coleta e a análise de informações ajudam nas tomadas de decisões. Na Antiguidade, a contagem da população ajudava a estimar os impostos e também o poderio militar dos povos. Durante a Idade Média, os registros de batizados, casamentoe óbitos ajudavam na quantificação dessas informações. Hoje, as coletas de dados ajudam no desenvolvimento de muitas atividades. A indústria alimentícia, por exemplo, costuma contratar empresas especializadas para verificar o grau de aceitação de determinado alimento. Para isso, são feitas perguntas para os pesquisados a respeito de tamanho, formato, cor, sabor e textura do alimento. Dependendodo resultado da pesquisa, a indústria analisa se deve ou não modificar o seu produto a fim de obter uma clientela maior. Pode-se descrever a pesquisa estatística como um conjunto de metodologias científicas aplicadas na coleta dos dados (que serão organizados e resumidos), na análise e interpretação e na apresentação da conclusão. Essas atividades estão sempre associadas a um planejamento, que visaquantificar e/ou qualificar fenômenos coletivos para futuras tomadas de decisões.
Saiba mais

No Brasil, carência de dados não permite prospecção ` “Não é de hoje que
os especialistas — em particular, criminologistas — correm atrás da descoberta das causas do crime e da violência, com base na observação das tendências de evolução temporal e espacial das taxas de criminalidade. NosEstados Unidos [...] é longa a acumulação de informações, análises, estudos e pesquisas de grande porte e longa duração [...]. No Brasil, há pelo menos duas décadas vêm se acumulando estudos rigorosos [...]. No entanto, os estudos ainda padecem de problemas alheios à vontade, experiência e competência científica de pesquisadores. [...] Salvo em alguns estados brasileiros, não há,para o país em seu conjunto, um sistema nacional que permita avaliações seguras das tendências de evolução dos crimes e da violência. [...] A ausência de um sistema confiável impede comparações nacionais. Por sua vez, a impossibilidade de comparar impede que se possa conhecer as particularidades da criminalidade no Brasil, mais propriamente suas tendências dominantes, a curto, médioe longo prazos. Na cadeia de consequências, essa impossibilidade resulta na formulação de políticas de segurança inconsequentes, de baixa eficiência institucional e que não respondem às demandas crescentes por maior segurança pública.”
Adorno, Sérgio. Revista Scientific American, ano 2, n. 23, abr. 2004.

  População e amostra
Em épocas próximas às eleições, por exemplo, pode-se...
tracking img