Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1232 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ.
CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS.
DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA.
PROFESSORA: VANESSA.
















ECONOMIA






















Curitiba, 05 de maio de 2.003.
INTRODUÇÃO:

Concorrência nos dá a idéia de rivalidade entre dois ou mais indivíduos para conseguir um objetivo. Em economia, essa concepção foi complementadapor outra que considera a concorrência como um mecanismo da organização dos mercados, ou seja, uma forma de determinar preço e quantidade de equilíbrio.



CONCORRÊNCIA PERFEITA:


Mercado onde existem muitos compradores e muitos vendedores, de maneira que nenhum comprador ou vendedor exerça influência sobre o preço.


Condições de um mercado em concorrência perfeita.


É um tipo demercado onde há um elevado número de vendedores e compradores. A decisão de um indivíduo é insignificante não afetando o mercado e, conseqüentemente o preço de equilíbrio pouca influência sobre o mercado global.

1. Homogeneidade do produto. - Supõe que não existe diferença entre os produtos.


Transparência do mercado. - Todos os participantes têm pleno conhecimento das condiçõesgerais em que opera o mercado.


2. Liberdade de entrada e saída de empresas. - Facilidade da empresa em entrada e saída da atividade

A oferta e a demanda de um produto num mercado em concorrência perfeita, bem como o preço é determinado pelo mercado, cada empresa aceitará o preço como um dado fixo sobre o qual não pode influir.

A partir do preço de equilíbrio, cada empresa individualproduzirá a quantidade que indica a sua curva de oferta, que será condicionada pelos custos de produção.

Baseado no princípio de que no curto prazo todas as empresas têm a mesma tecnologia, todas obterão as mesmas margens de lucro.



MONOPÓLIO


Estrutura de mercado composta por apenas um vendedor e muitos compradores.
Quando a indústria se monopoliza, o preço de venda será maior que opreço de mercado em concorrência perfeita, e o nível de produção inferior. Os consumidores sairão perdendo, pois terão que pagar um preço superior para obter o produto, que será ofertado em quantidade inferior.
A Legislação Brasileira proíbe a existência de monopólio, permitindo apenas para aqueles segmentos de mercado onde, para o perfeito funcionamento deveria existir apenas uma empresa, são oschamados monopólios institucionais ou estatais considerados estratégicos ou de segurança nacional (energia, comunicação, petróleo), porém, observa-se atualmente, que há uma movimentação para que estes segmentos sejam privatizados.


MONOPÓLIO BILATERAL


O monopólio bilateral ocorre quando um monopsonista, na compra do fator de produção, defronta-se com um monopolista na venda desse fator.Exemplo: A Bom-Bril compra um tipo de aço que apenas a Siderúrgica Belgo Mineira produz. O preço de mercado dependerá do poder de barganha de cada uma. Outro exemplo é, numa cidade relativamente isolada, existe apenas uma fábrica, que se defronta com um único sindicato de trabalhadores.



OLIGOPÓLIO


Forma de mercado onde existem poucos vendedores, diante de um grande número decompradores, de forma que os vendedores exercem grande controle sobre os preços dos produtos.

Se não houver concorrentes importados, o controle de preços é extremamente difícil. A fatia de mercado de cada fabricante é muito rígida e raramente há mudanças substanciais. Só através de leis muito eficientes e sérias intenção do governo é possível controlar os preços dos oligopólios.

(No início doplano real, o Governo Brasileiro ameaçou os oligopólios, que faria uma concorrência abrindo a economia para facilitar a entrada de produtos importados, para desta forma baixar os preços dos produtos via maior oferta.) O governo cumpriu a promessa, mas não suportou muito tempo, pois o grande volume de importações deteriorou a balança comercial.

Uma das características básicas do oligopólio é a...
tracking img