Contabilidade intermediaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3104 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Etapa 01

BALANCETE DE VERIFICAÇÃO

ATIVO 1.026.000,00 PASSIVO 1.026.000,00
Ativo Circulante 1.026.000,00 Passivo Circulante 1.026.000,00
Disponível 30.000,00
Caixa 30.000,00 Fornecedores 90.000,00
Receita de serviços 477.000,00
Ativo circulante a realizar
Créditos 90.000,00 Outras contas 60.000,00
Duplicatas a receber 180.000,00 Duplicatas a pagar 54.000,00Duplicatas descontadas -57.000,00 Dividendos a Pagar 6.000,00
Provisão para cred. liquid. duvidosa -33.000,00

Despesas 306.000,00 Exigível a longo prazo 45.000,00
Despesas com salários 189.000,00 Empréstimos 45.000,00
Despesas com impostos 52.500,00
Despesas com depreciação 37.500,00
Despesas com vendas 27.000,00 Passivo Não circulante
Patrimônio liquido 354.000,00Realizável a longo prazo 600.000,00 Capital Social 294.000,00
Imobilizado 600.000,00 Reserva de lucros 60.000,00
Veículos 45.000,00
Equipamentos 270.000,00
Moveis e utensílios 285.000,00



DRE

Receita......................................................477. 000,00
(-) Despesas.....................................................306.000,00

Despesas comvendas...................................27.000,00
Despesas com depreciação...........................37.500,00
Despesas com salários................................189.000,00
Despesas com impostos................................52.500,00

Lucro antes do IR.......................................171.000,00

Ativo CirculanteDisponível....................................................30.000,00
Realizável c prazo........................................90.000,00

120.000,00

Etapa 02
Resolução CFC Nº. 1.282/10, de 28/05/2010.
Esta resolução tem como aplicação o princípio da atualização monetária e tambémos Princípios Fundamentais da Contabilidade, que foram aprovados pela Resolução CFC nº. 750/93, de 29 de dezembro de 1993, que requerem, para o seu amplo entendimento pelos usuários da informação contábil e para a perfeita compreensão pelos profissionais da contabilidade, um grau de detalhamento que não é possível abranger nos próprios enunciados.
O Apêndice aos Princípios Fundamentais deContabilidade, contendo comentários sobre o conteúdo dos enunciados, é uma forma adequada de melhor compreensão sobre tão importante assunto como exercício de suas atribuições legais e regimentais, considerando que o “Princípio da Atualização Monetária”, conforme o “caput” do art. 8º da Resolução CFC nº. 750/93, obriga a que os efeitos da alteração do poder aquisitivo da moeda nacional devem serreconhecidos nos registros contábeis através do ajustamento da expressão formal dos valores dos componentes patrimoniais, considerando também que a atualização objetiva que permaneça substantivamente correto os valores dos componentes patrimoniais e, por conseqüência, o do patrimônio líquido, segundo o inciso II do parágrafo único do Art. 8º da dita Resolução. Essa aplicação do Princípio, não estáatrelada a qualquer parâmetro em termos de nível inflacionário onde os padrões internacionais de Contabilidade somente requerem a atualização monetária quando a taxa acumulada de inflação no triênio se aproxima ou exceda a 100%. Considerando que a partir da implantação do Plano Real a economia e a moeda brasileira vêm apresentando estabilidade.
Resolvendo então o Art. 1º sendo a aplicação do Princípioda Atualização Monetária é compulsória quando a inflação acumulada no triênio for de 100% ou mais, no qual diz o parágrafo único que a inflação acumulada será calculada com base no (IGPM), Índice Geral de Preços do Mercado, apurado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas, por sua aceitação geral e reconhecimento por organismos nacionais e internacionais.
Já o Art. 2º a aplicação compulsória do...
tracking img