Contabilidade de estoque

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5066 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
8 Y G E q Gr@ 8ri P i 8 Sr8v C X u S a ` GC D 8r E 8C q S i S D h E Y Q P d S a ` P Y C X G 8 U S Q 8 P H E C 8 @ 8
FAF hEY FAtsAtyBARptyxwS FeFAbc¥Fcts@ R¥FFApFFS Ag FfBeFcbBFVS FIRWVTRBFIG FD ABA97
4 ) 6 5 " 4 0 3 # " 1 0 ) ( % # & % # # !  ¨ ¤   ¨    ¨   ¨ ¦ ¤¤ ¢  
£'''¡$'2) £©'©$" £ ¡£¡©§¥¡£¡ 
Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 09 a 11 de outubro de 2007

ANÁLISE DOIMPACTO ECONÔMICO E
AMBIENTAL DO
REAPROVEITAMENTO DA BORRA NO
PROCESSO DE INJEÇÃO EM UMA
EMPRESA DE JOINVILLE/SC
Régis Kovacs Scalice (UDESC)
rkscalice@joinville.udesc.br
Fabiano Gesser (EMBRAPLA)
embrapla.produtos@terra.com.br

O presente trabalho aborda os aspectos técnicos, econômicos e
ambientais do reaproveitamento da borra no processo de injeção na
Embrapla, uma empresa deJoinville/SC. A borra é um resíduo plástico
decorrente de duas situações: quando é reinniciado o processo de
injeção do material, com a purga do material que está dentro do
cilindro da injetora, e quando é necessário fazer troca de matériaprima, quando é realizada uma limpeza do cilindro antes de colocar a
nova matéria prima a ser injetada. O destino dado à borra na empresa
estudada era a venda paraempresas de reciclagem de materiais, onde
se realizava a moagem e revenda para empresas de processamento de
plásticos. Porém, nesse processo, não há garantia da qualidade do
material reciclado. Visando contornar este problema desenvolveu-se
um processo de classificação e reaproveitamento da borra de forma
manter a qualidade do material e reduzir os custos para a empresa.
Demonstrando taisresultados, o estudo de viabilidade econômica
evidenciou um custo 100 vezes menor para reaproveitamento da
matéria-prima se comparado com o material virgem. A análise de
viabilidade ambiental, realizado pelo método de análise emergética,
mostrou que são necessários somente 1,52E+13sej para recuperar
1,51E+17sej de borra, caracterizando um gasto emergético
relativamente pequeno para recuperar ummaterial de alto valor
agregado.
Palavras-chaves: Processo de Injeção. Resíduo Plástico. Reciclagem.
Viabilidade Econômica. Contabilidade Ambiental.

m { r q „ r…n m…ƒ t ƒ m w m‡ o z † w } | o p m… q o „ w ƒ w p ‚ q { v t  w } | t { o z r m xw v m t s q o m n m
W~c ‚q{ cw¥tw¥xcsyx… ˆyw cbW~u~r Ww¥yn ym cW~Wcw ~ W€ccc~~WcWw W£yBt£Wu'r cp scw9l
h 7 j i • h d g – • e d 7 ™ — – ˜ — – – •” “ † ˆ‚ ‡ “ † ˆ ‘  † ˆ ‡ † „ ‚‚  €
©k§‰‰§…T‰f7 ‰©‰‰V‰‰FT‰p'e‰ƒ©e$§’e‰©¡V…ƒ©©€

Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 09 a 11 de outubro de 2007

1. Introdução
Na busca por mais competitividade as empresas procuram se adequar às novas exigências de
mercado com processos mais econômicos, produtivos e seguros, de forma a evitar
desperdícios e retrabalhos. Além disso, os custos de produção devemser os mínimos
possíveis, com maior rendimento, não existindo espaço para desperdícios e perdas. A redução
de custos em uma empresa é hoje um fator de grande importância. Entretanto o peso das
questões ambientais vem crescendo cada vez mais, sendo um critério decisivo no
investimento em novos sistemas de produção e tecnologias.
Segundo Daré (2000) nota-se em todo mundo um crescimento acentuadoe constante na
fabricação de produtos envolvendo a transformação de plásticos. Conforme Blass (1988) os
materiais plásticos são utilizados para a produção de uma gama variada de artigos de forma
geométrica variada, suprindo requisitos funcionais os mais diversos, de uma maneira eficaz e
econômica.
Dentre os processos de fabricação que utilizam materiais plásticos a injeção aparece com umpapel de destaque. Segundo Rosato et al. (2000) a moldagem por injeção corresponde a 32%
em massa de todo plástico consumido no mundo, perdendo apenas para a extrusão,
responsável por um consumo de plásticos na ordem de 36% em massa. Os autores também
mencionam que apenas nos EUA existe algo em torno de 80.000 máquinas de injeção em uso,
enquanto que há aproximadamente 18.000 extrusoras...
tracking img