Contabilidade aplicada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS


















CONTABILIDADE APLICADA
















RONDONÓPOLIS
2011







SEMINÁRIO EM CONTABILIDADE COMERCIAL







Trabalho de produção textual apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial paraa obtenção de média bimestral nas disciplinas de Contabilidade e Orçamento Publico, Contabilidade do Agronegócio, Simulação empresarial e Metodologia da pesquisa Cientifica disciplinas estudadas no Curso de Graduação em Ciências Contábeis.


Orientadores: Professores do 6° semestre.






















RONDONÓPOLIS
2011SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 04

1- Autarquias 06

2 – Tabelas 07

2.1 Avaliando o cenário A 07

2.2 Avaliando o cenário B 08

2.3 Aplicando percentual de chances a superávit de 8 % 09

2.4 Aplicando percentual de probabilidade de 20% 10

2.5 Avaliando os investimentos 10

CONCLUSÃO 11

REFERÊNCIAS 12INTRODUÇÃO

As Autarquias são entidades da Administração Indireta criadas por lei, com personalidade jurídica, patrimônio e receita própria, para executar atividades típicas da Administração Pública.
As autarquias são detentoras, em nome próprio, de direitos e obrigações, poderes e deveres, prerrogativas e responsabilidades. Ademais, em razão de suapersonalidade, as atividades que lhes são trespassadas, os bens que possuem ou que venham a possuir são próprios.
Especificamente, no que diz respeito à licitação, a lei básica que rege é a Lei n. 8.666/93, deve ser interpretada com vistas a melhor atender à finalidade para a qual foi criada e sempre levando em conta que ela é um componente do ordenamento jurídico.
Licitação é oprocedimento administrativo pelo qual um ente público, no exercício da função administrativa, abre a todos os interessados, que se sujeitem às condições fixadas no instrumento convocatório, a possibilidade de formularem proposta dentre as quais selecionará e aceitará a mais conveniente para a celebração do contrato.
A licitação destina-se a garantir a observância do princípioconstitucional da isonomia e a selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração e será processada e julgada em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos.
A simulação empresarialtambém pode ser definida como um processo estruturado estrategicamente e seqüencial de tomada de decisões em torno de um modelo de operações de um determinado negócio, no qual os participantes assumem o papel de principais gestores de uma empresa simulada.
Esta técnica capacita profissionais do mercado com competência intelectual, habilidade estratégica e visão empresarialO processo de simulação possui a finalidade de contribuir para a tomada decisão, orientando o gestor do Município de Terra Boa, através de informações que embasam o seu processo decisório, referente a viabilidade da Autarquia fornecer merenda escolar e refeições em creches do Município sem a necessidade de abertura de processo licitatório.DESENVOLVIMENTO
1.Autarquias

Autarquias são pessoas jurídicas de direito público criadas por lei específica (Art. 37, XIX, da Constituição Federal), que dispõem de patrimônio próprio e realizam atividades típicas de Estado de forma descentralizada.
É correto dizer que...
tracking img