Contabilidade ambiental: um estudo sobre sua aplicabilidade em empresas teresinenses

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1396 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução

A globalização da economia e a conscientização da sociedade estão forçando, atualmente, as empresas a adotarem uma postura responsável perante o meio ambiente, isto é, produzir sem agressão à natureza. Para isto elas estão implantando um Sistema de Gestão Ambiental de acordo com as normas da série ISO 14000.
Além das imposições da legislação, as empresas vêm sendo pressionadaspela sociedade e mercados consumidores que exigem delas certos comportamentos que se traduzem em normas e regulamentos. Durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro, em 1992 – ECO 92 – entre as discussões de desenvolvimento sustentável, surgiu a idéia da ISO 14000: um conjunto de normas, com abordagem internacional que buscam a boaprática do gerenciamento ambiental.
A ISO – International Organization for Standardization (Organização Internacional para Normalização) procura desenvolver normatização através de acordos técnicos internacionais, associando-se às entidades de normatização de cada país. No Brasil a ISO é representada pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas e tem direito a voto na organização. A ABNTtambém trabalha como certificadora credenciada pelo INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial que é responsável por credenciar certificadoras. O SEBRAE – Serviço Brasileiro de apoio às Micro e Pequenas Empresas também atua como certificadora.
A empresa recebe o certificado após implantar Sistemas de Gestão Ambiental ligados à qualidade do ar, da água e dosolo, e a certificadora realizará auditorias de acompanhamento para manutenção uma vez por ano. Caso haja deterioramento de algum dos padrões estabelecidos, a empresa pode perder o certificado ISO 14000. Auditorias de renovação são feitas a cada 3 anos. É dever do INMETRO fiscalizar as certificadoras.
Nos últimos anos vem aumentando a pressão, exercida pela sociedade, sobre empresas que nãorespeitam o meio ambiente. Por esta razão, aliada à exigência do mercado, estas empresas estão sendo obrigadas a adotarem uma política de controle, preservação e recuperação ambiental a fim de garantir sua continuidade.
O modelo mais usado pelas entidades para atingir este objetivo foi a implantação de um sistema de gestão ambiental, método pelo qual elas controlam o impacto de suas atividadesprodutivas sobre o meio ambiente.
Fazer o gerenciamento exige colaboração dos diversos departamentos da empresa, interação entre administração e produção e ainda a aplicação de um considerável montante de recursos financeiros, devendo-se ter constante preocupação em controlá-los. Entende-se que a contabilidade é uma das ferramentas mais eficazes para este processo.
Apesar de considerados como tal,o que se verifica na atual conjuntura das empresas é um baixo grau de conhecimento e aplicação da contabilidade ambiental. Esta situação será analisada a partir da elaboração de um panorama da atual situação da contabilidade no gerenciamento ambiental das empresas.
Este estudo parte da premissa de que poucas entidades utilizam a contabilidade em auxílio à gestão ambiental. Portanto, o problemasque será alvo de investigação é saber qual o nível de desenvolvimento da contabilidade ambiental em empresas teresinenses que exerçam atividades impactantes.

2. Fundamentação Teórica

A contabilidade, uma das ciências mais antigas do mundo, originou-se com o intuito de quantificar a riqueza humana, o patrimônio.
Ao longo dos séculos ela vem acompanhando a evolução da economia e criandonovas técnicas de identificação, mensuração e evidenciação dos eventos econômicos e financeiros que causam mutações patrimoniais.
Atualmente, a contabilidade é considerada um sistema de informações que tem como objetivo auxiliar o gerenciamento das entidades para que possam garantir sua continuidade.
Para Iudicibus e Marion (2000, p. 53):

O objetivo da contabilidade pode ser estabelecido...
tracking img