Considerações finais sobre o estágio i em educação infantil

Confirmando o que escrevi no meu relatório de observação, a intervenção realizada efetivamente confirmou minha quebra de paradigmas e afirmar meu novo olhar como professora. Ao observar os alunos naprimeira fase do estágio, fui percebendo a minha transformação. Mas nada se compara a ser um agente que proporciona, participa e vivencia um processo tão enriquecedor.
As crianças em suaespontaneidade e reações e conseqüente interação direta comigo me ajudaram a ver com mais clareza ainda como é grande a responsabilidade de um educador, especialmente na Educação Infantil, e como é importanteque tenhamos muito preparo e cuidado ao lidarmos com estes seres humanos que estão começando a descobrir o mundo. Ler as expressões em seus rostos enquanto contava a história foi ter o privilégio departicipar de um momento de descobertas, de varias emoções, de reações, de construção, de crescimento! E o nosso cantar e dançar foi pura felicidade, os sorrisos, as gargalhadas, minhas inclusive!Tanto carinho sincero e espontâneo, abraços, beijos , palavras verdadeiras. Quando íamos começar a assistir o desenho na socialização, ao clicar a tela para começar, Luis Felipe sorriu pra mim e disse:“Você é linda”! E eu respondi: “Você é que é lindo”! E ele respondeu com a maior naturalidade: “Eu sei”. Muito querido! Acredito que a minha docência foi uma rua de mão dupla: aprendemos juntos. Nãoconsigo imaginar palavras diferentes das que escrevi ao final do meu relatório de observação para explicar minha grande mudança interior:
Na intervenção, “durante e depois, pude refletir e(re)construir meus conhecimentos junto e através dos alunos. Suas ações, reações, questionamentos e comportamentos me permitiram uma maior compreensão de suas diferenças de ritmos, de conhecimentos e derealidade social. Pude observar não só as crianças alunos, mas a mim mesma. Reaprender a olhar implica esforço e coragem, valores esses que aprendi ao observar e interagir com essas crianças e suas...
tracking img