Conjuntu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1197 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
raAnalise da taxa de juros pelo jornal O Estado de Sao Paulo
A atual conjuntura das taxas de juros indica uma forte tendência no atual plano político do Brasil. O COPOM (comitê de Política Monetária) já fez quatro drásticas reduções esse ano que levaram a SELIC( taxa básica de juros) de 10,5% ao ano para 8,5% ao ano,levando ao menor patamar histórico. A última queda ocorreu em 30/05/2012 onde ataxa foi reduzida de 9% ao ano para 8,5% ao ano, essa mudança ocorreu para tentar incentivar a demanda e o investimento no pais e tentar reverter o fraco crescimento divulgado no primeiro trimestre de 2012. Mas vale ressaltar que a queda só ocorreu uma vez que o setor externo esta colaborando de maneira desinflacionaria e assim os riscos com a inflação estão limitados, de acordo com o comunicadodivulgado pela cúpula do COPOM.
Porem,a redução das taxas tiveram uma menor eficiência do que era prevista. Se for considerada a taxa média de juros, houve aumento de 0,07 ponto porcentual na taxa do empréstimo pessoal de maio para junho e queda de 0,10 ponto no cheque especial em igual período. Isso mostra que o consumidor não passou a assumir novos empréstimos bancários ou financiamentos paraa compra de bens de maior valor adquiridos em lojas, que normalmente são parcelados em prazos longos.
Ainda, apesar da baixa eficácia da redução, os brasileiros terão que se acostumar com uma nova tendência para aplicar seu dinheiro. Com a queda dos juros, a solução para não ter fuga de capitação com os títulos públicos foi a nova regra da caderneta de poupança, a nova regra diz que aremuneração devera ser 70% da taxa SELIC mais a TR(taxa referencial). "A queda do juro força as aplicações de renda fixa a renderem menos na medida em que são atreladas a títulos governamentais. Houve um realinhamento para que a caderneta não rendesse mais do que a renda fixa", explica o professor do Ibmec, Gilberto Braga.
Sobre o futuro, as perspectivas são de novas queda.  De acordo com a pesquisa semanalFocus realizada pelo Banco Central e divulgada nesta segunda-feira, a previsão para o patamar da taxa Selic no fim de 2012 caiu de 8% para 7,50%. Há um mês, o mercado esperava 8%. Porem essa queda devera ser feita aos poucos uma vez que, por serem as menores taxas históricas, elas devem ser conduzidas com parcimônia

Bibliografia:
- DURAO, M. Cenário de juros baixos pressiona fundos deinvestimento. Agência estado, local não divulgado, março de 2012. Disponível em: <http://economia.estadao.com.br/noticias/economia+geral,cenario-de-juros-baixos-pressiona-fundos-de-investimento,106182,0.htm?reload=y>. Acesso em: 17 mar. 2012.
- RODRIGUES, E. Queda de juros e salário mínimo elevaram vendas. Agência estado, local não divulgado, abril de 2012. Disponível em:<http://economia.estadao.com.br/noticias/economia+geral,queda-dos-juros-e-salario-minimo-elevaram-vendas,108570,0.htm?reload=y>. Acesso em: 10 abril 2012.
- NAKAGAWA, F. e MODE,L. BC reduz taxa Selic para 9% e Brasil deixa de ser o número 1 em juros reais. Agência estado, local não divulgado, abril de 2012. Disponível em:<http://economia.estadao.com.br/noticias/economia+geral,queda-dos-juros-e-salario-minimo-elevaram-vendas,108570,0.htm?reload=y>. Acesso em: 19 abril 2012.
- FERNANDEZ, A. e NAKAGAWA, F e LARA, P. Nova queda de juros deve ser conduzida com ‘parcimônia’, afirma Banco Central. Agência estado, local não divulgado, abril de 2012. Disponível em:<http://economia.estadao.com.br/noticias/economia+brasil,nova-queda-de-juros-deve-ser-conduzida-com-parcimonia-afirma-banco-central,110453,0.htm?reload=y >. Acesso em: 28 abril 2012.
- GERBELLI , L. Ganho com juro alto está perto do fim. Agência estado, local não divulgado, maio de 2012. Disponível em: <http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,ganho-com-juro-alto-esta-perto-do-fim-,869307,0.htm?reload=y>. Acesso em: 04 maio 2012
-LEOPOLDO, R. e ASSIS, F.. Selic continuará caindo se inflação permitir, diz Mantega. ....
tracking img