Conjunto residencial - parque guinle

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Características Gerais

Na arquitetura dos edifícios do Parque Guinle destacam-se aspectos como a racionalização construtiva, com ênfase na estrutura independente, pré-fabricação e modulação; apropriação de elementos consagrados da arquitetura moderna internacional, como é o caso dos pilotis, janelas corridas e planta livre; respeito, adequação e valorização do sítio, com ênfase no confortoambiental; domínio pleno das escalas do projeto, desde o pormenor até o ambiente em que está inserido; e, principalmente, a tradição arquitetônica luso-brasileira, utilizando técnicas, elementos materiais, sedimentados por uma cultura de morar específica.

Podemos observar nas plantas dos apartamentos, como mesmo adotando um partido francamente moderno, Lucio Costa procurou reviver, em novocontexto, as características da casa tradicional brasileira. O interior é abraçado por duas varandas, a social e a doméstica. “Dois espaços, um à frente, para receber, outro aos fundos, ligado à sala de jantar, aos quartos e ao serviço”, escreve o arquiteto na obra ‘Lucio Costa: Registro de uma Vivência’.

Pilotis, Fachada Livre, Brises e cobogós –
Elementos marcantes da arquitetura modernistacom um toque de regionalismo.

Relação com o entorno

O Parque Guinle está localizado na cidade do Rio de Janeiro, no bairro das Laranjeiras. O terreno, traçado em 1916, situa-se em frente à Rua Gago Coutinho e possui uma extensa área verde em aclive. Inicialmente, o parque era o jardim da residência.
A mansão tornou-se o atual Palácio das Laranjeiras, residência oficial do Governador doEstado e ao redor do jardim foi construído o condomínio residencial projetado por Lúcio Costa. Dos 2500 m² que se estendem sobre um vale encaixado, fazem parte um trecho de Floresta Atlântica.

Mapa do Rio de Janeiro

Orientação solar

Para que os edifícios usufruíssem a vista do parque, O Bristol e o Caledônia foram orientados com suas fachadas principais para o oeste, menos a do edifícioNova Cintra, voltado para a Rua Gago Coutinho, que usufrui da orientação sul. O problema de insolação foi resolvido com o uso de elementos vasados como brises e cobogós, que tinham como função filtrar o excesso de luz, possibilitar a vista para o exterior e proteger a privacidade dos apartamentos.
No Nova Cintra a relação da fachada principal se deu com a cidade, com uma insolação de sulconsiderada a mais apropriada para o uso de panos de vidro como foi o caso.

Legenda:
1. Dependências do Palácio; 4. Lago; 7. Área de Exerc.
2. Entrada do Parque; 5. Praça Superior;
3. Praça Inferior; 6. Cascata;

Fotos

Portão de Entrada – Serve meramente como enfeite, já que ao lado do portão háuma abertura sem grades.

Praça Inferior – Área de lazer voltada para crianças, a qual se configura no principal local de encontro do parque.

Lago – Criado artificialmente, o lago é um grande atrativo do parque.

– Praça Superior – Mais uma área de lazer voltada para as crianças.

Cascata – Local escuro e sem iluminação adequada, causando uma certa insegurança.

Área de Exercícios –Acesso garantido a todos os visitantes e usuários do Parque.

Maquete volumétrica e corte











Conforto Ambiental

A privação sensorial é um problema que atinge diretamente as populações das grandes cidades. Essa falta de vida, essa monotonia que assola o ambiente urbano podem ser considerados consequências diretas dos projetos arquitetônicos e urbanísticos quepriorizam a máquina, o carro e indiretamente, a individualidade do homem.
A qualidade ambiental do Parque é notável a partir do momento em que se adentra no mesmo, devido a presença da vegetação no conjunto. O Parque Guinle - no Rio de Janeiro – é um espaço aberto, sob ações climáticas possui um tratamentos paisagístico diferenciado, permite estabelecer condições microclimáticas e identificar...
tracking img