Conflitos do cei

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2011 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. CEIComunidade dos Estados Independentes
2. CEI: aspectos políticosA CEI reúne doze das quinze Repúblicas que formaram a extinta União Soviética. Essas Repúblicas se distribuem por uma área imensa que se estende pelos continentes europeu e asiático. A maior parte de seu território encontras-se na Ásia. Observe o mapa político para conhecer os integrantes da CEI:
3. CEI: aspectos políticosAschamadas Repúblicas Bálticas (Estônia, Letônia e Lituânia) não integram essa Comunidade. A CEI procura manter os vínculos econômicos que já existiam entre as ex-Repúblicas Soviéticas, manter o uso do rublo como moeda e centralizar as forças armadas, além de compartilhar o uso de uma infraestruturacriada nos tempos da URSS.
4. Breve históricoVamos fazer uma rápida recapitulação de alguns eventosimportantes no histórico de formação da ex-URSS e de sua dissolução.março de 1917 – o czar Nicolau II é derrubado do poder através de uma revolução conduzida pela ala moderada (mencheviques) do Partido Operário Social-Democrata Russo (POSDR);novembro de 1917 – através de uma insurreição e liderados por Lênin, os bolcheviques (ala mais radical do POSDR) assumem o poder e instalam um governorevolucionário;1917-1921 – desenvolve-se uma guerra civil entre o grupo revolucionário bolchevique (através do recém criado Exército Vermelho) e os opositores desse regime (incluindo os mencheviques e os czaristas);1922 – criação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas;1924 – morre Lênin e Josef Stálin assume o poder na URSS e inicia um processo de coletivização maciça dos meios de produção;
5.1936-1938 – Stálin exila e executa milhões de pessoas suspeitas de serem opositoras ao seu regime;1939-1945 – a URSS participa da Segunda Guerra Mundial. Ao final dessa guerra o número de mortos durante esse período se aproxima de 20 milhões, a União Soviética ocupa boa parte do leste europeu e emerge como potência mundial, líder do mundo socialista;Guerra Fria – a URSS disputa com os EUA asupremacia mundial e procura expandir sua influência e o próprio mundo socialista. Nesse período se realiza a corrida armamentista, inclusive nuclear, e a corrida espacial. São momentos críticos nesse período a Construção do Muro de Berlim e a crise dos mísseis nucleares soviéticos em Cuba. Ocorre ainda a repressão ao movimento antisoviético na Hungria (1956) e ao processo democratizante na Tchecoslováquia(1968);décadas de 1960 e 1970 – a URSS alcança seu auge político e econômico e de sua influência no mundo. Estamos na Era Bréjnev e ocorre a invasão soviética no Afeganistão (1979);final da década de 1970, início da década de 80 – a União Soviética passa a enfrentar uma crise econômica que se aprofunda rapidamente. Em 1980 a URSS interfere na Polônia para suprimir as liberdades do SindicatoSolidariedade. Em 1982 morre Leonid Bréjnev sucedido pelos curtos governos de IúriAndrópov e KonstantínTchernenko que também faleceram no exercício do poder. Em 1985 assume Mikhail Gorbatchov que dá início a reformas no país.
6. Motivos da crise soviéticaIneficiência da economia planificada, excessivamente centralizadaBaixa produtividade e qualidade dos setores produtivosPrioridade aos setoresestratégicos comprometendo a oferta de mercadoriaspara a população (falta de produtos e qualidade duvidosa)Sistema de metas com resultados manipulados pelo EstadoElevados gastos com a corrida armamentista e espacialSustentação aos aliados durante a Guerra FriaExcesso de burocracia e corrupção
7. Reformas implantadas por GorbatchovPerestroika (reestruturação)procura maior eficiência na gestão daeconomiaprocura substituir o sistema de metas pelo de produtividadeprocura criar estímulos aos administradores e trabalhadoresinovações no sistema produtivoentrada de multinacionaispermissão para associação de multinacionais com empresas soviéticas
8. Reformas implantadas por GorbatchovGlasnost (transparência)moderação na censura internamaior liberdade para manifestações, denúncias, críticas e...
tracking img