A comunidade de estados independentes – cei

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2077 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estado do Mato Grosso
Secretaria Estadual de Educação
Escola Estadual de Ensino Médio Alda Gawlisk Scopel
Curso Técnico Integrado-Técnico em Vendas

Gelianne Rodrigues de Moraes
Amanda Salete Santin Nogueira
Nathieli Lima

Primavera do Leste
2011
Gelianne Rodrigues de Moraes
Amanda Salete Santin Nogueira
Nathieli LimaDisciplina: Geografia


A COMUNIDADE DE ESTADOS INDEPENDENTES – CEI




Primavera do Leste
2011

Introdução

A CEI surgiu após a queda da URSS e seu desmembramento sucessivo. Assim apareceu esta comunidade ambígua em alguns aspectos. aqui está relatado sobre o porque da CEI,.A CEI continua até hoje, ocupando o lugar da ex URSS, a CEI – Comunidade dos Estados Independentes.A COMUNIDADE DE ESTADOS INDEPENDENTES – CEI

“O mundo novo” previsto por Gorbachev não contaria com a URSS, superpotência do mundo bipolar. Entre os motivos que determinaram a desintegração da potência soviética, destaca-se a grande diversidade étnica, religiosa e econômica das repúblicas que a constituíam.
Com o fim da URSS, essas repúblicas declararamindependência. Porém, a maior parte delas optou por formar um bloco econômico de modo que pudessem manter os laços econômicos que tinham entre si. Em 21 de dezembro de 1991, pelo Tratado de Alma-Ata, assinado por onze ex-repúblicas soviéticas, foi criada a Comunidade de Estados Independentes (CEI). A Geórgia só ingressaria na comunidade em 1993. Das quinze ex-repúblicas soviéticas apenas as trêsrepúblicas bálticas - Estónia, Letônia e Lituânia ficaram fora da CEI.

O que é a CEI

O principal fator que levou à formação dessa comunidade foi a grande interdependência das ex-repúblicas soviéticas, que, sob o domínio da URSS, haviam desenvolvido uma economia fundamentada na complementaridade de seus recursos. Dependem umas das outras para a produção industrial e mercado de consumo, e todasdependiam da Rússia, mais adiantada em tecnologia e produção de equipamentos.
A CEI não é um país, como era a URSS, nem foi criada para substituir essa grande potência. E uma organização de cooperação entre antigas repúblicas que passaram muitos anos ligados pelo governo central de Moscou, porém dessa vez cada qual tem assegurada a sua soberania.
Essa organização cuja sede se localiza emMinsk, capital da Belarus, previa, por ocasião de sua fundação, além da cooperação econômica, a centralização das Forças Armadas e o uso de uma moeda comum, o rublo. Entretanto as repúblicas ainda não chegaram a um acordo para a integração político-econômica. Várias questões impedem o funcionamento amplo da CEI:
• A disputa pelo controle do arsenal bélico da ex-URSS. Não há consenso sobre o controlerusso das armas. As repúblicas desejam conservar os armamentos nacionais e não querem intervenção externa.
Os constantes conflitos internos, as disputas de fronteira e os protestos contra a interferência russa nos países da CEI.
• Discussões sobre a repartição das dívidas deixadas pela URSS.
• A crise econômica que afeta a Rússia e, conseqüentemente, enfraquece sua liderança na CEI.
• Asvárias faces da CEI
Com o fim da URSS, caiu a "Cortina de Ferro" que escondia a verdadeira realidade das repúblicas soviéticas. Só agora, após a desintegração da grande potência socialista, é possível saber um pouco mais sobre esses países, até então escondidos dentro de uma realidade maior, a URSS.
Fazem parte da CEI:
- Repúblicas européias: Ucrânia, Belarus, Moldávia, Geórgia, Armênia eAzerbaijão.
- Republicas da Ásia central; Casaquistão, Usbequistao, Turcomenistao, Tajiquistão e Quirguízia.
- A Rússia, que se estende pêlos dois continentes, embora sua parte mais importante do ponto de vista econômico e de ocupação humana esteja situada na Europa.

As repúblicas européias da CEl

As repúblicas européias da CEI reúnem a maior parte da população da comunidade, como...
tracking img