Concursos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5127 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

LÍNGUA PORTUGUESA
TEXTO

ORGULHO E PRECONCEITO
Eduardo Eugênio Gouvea Vieira, Presidente da Firjan O “Fantástico” realizou uma das mais brilhantes reportagens de tempos recentes ao expor a corrupção na área de saúde. É importante que a repercussão não faça recrudescer velhos preconceitos em relação à atividade empresarial. É algo que se renova quando uma denúnciaexpõe agentes ativos de corrupção Não se está diante de empresários, mas de bandidos assassinos (quem rouba um hospital é um assassino). os verdadeiros empresários. É fundamental que a opinião pública tome cada vez mais conhecimento dos exemplos de empresários que geram riqueza para a sociedade, oferecem empregos, assumem riscos (entre os quais lançar mão de seus próprios recursos pessoais) erecolhem tributos que estão entre os maiores do mundo. A exposição pública de um empresário como Eike Batista é, sob este ponto de vista, uma mudança de paradigma. Eike não tem vergonha de ser rico. Pelo contrário, ele se orgulha de gerar riquezas e faz o que está ao seu alcance para devolver parte do que conquistou. A acumulação de riqueza e o lucro deixaram de ser vistos como pecados ainda natransição do século 19 para o século 20. No Brasil, ainda é preciso que um ou mais de um Max Weber apareça para mostrar que o lucro é bom para a sociedade. A ganância não é boa, mas o lucro é. A ética e a atividade empresarial não são incompatíveis, a despeito dos bandidos. A corrupção é muitas vezes encarada como uma fatalidade, algo que não se elimina da cultura brasileira. Há um enorme cinismo empensar assim. É o que move os bandidos travestidos de empresários. Há bons e maus empresários. Uma legislação que puna exemplarmente os corruptores vai separar o joio do trigo, assim como a multiplicação de exemplos de empreendedores que assumem riscos, produzem, geram empregos e devolvem à sociedade parte do que conquistaram em ações ou projetos sociais. É hora de olhar com menos preconceito parahomens que deviam inspirar o sentimento de orgulho por suas realizações. E colocar na cadeia bandidos que se autointitulam empresários.

1 - Na frase “No Brasil, ainda é preciso que um ou mais de um Max Weber apareça para mostrar que o lucro é bom para a sociedade”, o autor do texto: (A) critica o atraso brasileiro diante de certos conhecimentos já bem estabelecidos. (B) aponta a necessidade de asociedade brasileira convidar especialistas no assunto. (C) denuncia a falta de publicações atualizadas na área empresarial. (D) aconselha a leitura de Max Weber para a resolução de certos problemas. (E) indica que Max Weber não é autor apreciado no Brasil.

2 - “quem rouba um hospital é um assassino”. A razão de dar o nome de “assassino” a quem rouba um hospital é fruto (A) do interesse do autordo texto de aumentar a culpa no delito. (B) da tentativa de separar roubos a empresas particulares de roubos na esfera pública. (C) de que o roubo em hospitais pode causar a morte de pessoas por falta de material. (E) da intenção de criminalizar mais fortemente um simples roubo.

3

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO
3 - “A corrupção é muitas vezes encarada como uma fatalidade”; nesse caso, acorrupção (A) não deve ser combatida. (B) raramente é praticada. (C) acontece involuntariamente. (D) ocorre necessariamente. (E) integra as relações econômicas. 4 - “A ética e a atividade empresarial não são incompatíveis, a despeito dos bandidos”; a forma de reescrever-se essa mesma frase que altera o seu sentido original é: (A) Apesar dos bandidos, a ética e a atividade empresarial não sãoincompatíveis. (B) Não apresentam incompatibilidade a ética e a atividade empresarial, mesmo com a existência de bandidos nesse meio. (C) Ainda que haja bandidos no meio empresarial, a ética e a atividade empresarial não são incompatíveis. (D) Não são incompatíveis, mesmo com a existência de bandidos no meio, a ética e a atividade empresarial. (E) Apesar da inexistência de ética entre os bandidos, a ética...
tracking img