Concreto Fresco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
PROPRIEDADES DO CONCRETO FRESCO

O concreto fresco é constituído dos agregados miúdo e graúdo envolvidos por pasta de cimento e espações cheios de ar, este conjunto é modernamente chamado matriz. A pasta, por sua vez, é composta essencialmente de uma solução aquosa e grãos de cimento.
O ar pode encontrar-se envolvida pela pasta, sob a forma de bolhas, ou em espaçosinterligados, determinando, através da predominância de uma dessas formas de apresentação, respectivamente, a plasticidade ou a não plasticidade da mistura.
Tendo em vista a qualidade do concreto endurecido, as propriedades desejáveis para o concreto fresco são as que asseguram a obtenção de mistura de fácil transporte, lançamento e adensamento, sem segregação, e que, depois doendurecimento, se apresenta homogênea, com o mínimo de vazios.

Plasticidade

Plasticidade é a propriedade que o concreto fresco possui, definida pela facilidade com que o mesmo pode ser moldado sem se romper. Essa propriedade é inteiramente dependente da consistência e do grau de coesão entre os componentes do concreto. Na ausência da coesão ocorre a segregação que é definida como aseparação dos grãos do agregado da pasta de cimento que pode ocorrer durante o transporte, durante o lançamento, durante o adensamento ou também pela ação da gravidade que provoca o assentamento dos grãos mais pesados no fundo das formas, ficando os demais espalhados pela pasta de cimento.
A plasticidade tem muita importância no que se refere à quantidade de agregados miúdos noconcreto por exercerem influência preponderante sobre a plasticidade do mesmo devido a elevada área específica. Também é extremamente importante lembrar que o uso de areia em quantidades exageradas aumenta demasiadamente a coesão da mistura e dificulta o lançamento e adensamento do concreto em formas, além de aumentarem o consumo do cimento e, consequentemente, o custo final.

Transição doEstado não Plástico para o Plástico

Uma mistura de cimento, agregado e água abaixo do correspondente ao inchamento máximo, apresenta continuidade nos espaços cheios de ar. Quando o teor de água cresce acima daquele valor, o total de vazios diminui, havendo um amento da proporção entre os vazios ocupados pela agua e aquele total. Dessa forma, os espaços cheios de ar tornam-secompletamente cercados pela água, havendo tendência à penetração nas cavidades, o que aumenta a pressão do ar; este se torna a principal ação oponente à força resultante da tensão superficial. Como é sabido, essa tensão é o maior responsável pela estrutura anteriormente descrita. Finalmente a força é totalmente equilibrada pela pressão do ar e a parte da cavidade cheia de ar torna-se esférica.
Em algunscasos, a transição limita-se apenas à passagem de um estado não plástico a um estado quase plástico. As características das argamassas dos concretos são fundamentais para a análise do comportamento de concreto fresco.

Consistência

A consistência é o grau de fluidez da mistura do concreto fresco, estando, portanto, diretamente relacionado com a mobilidade da pasta(mistura de cimento e água). Pode-se considerar como o principal fator influente na consistência, o teor de água/materiais secos. Quanto mais plástica for a consistência do concreto, maior é a facilidade de moldagem e deslize do concreto entre a armadura, sem que ocorra a separação dos seus componentes. A baixa ou alta consistência é definida baseando-se no espaçamento entre as paredes das formas,natureza da obra e a distribuição da armadura no seu interior. No Brasil o processo de determinação da consistência é o ensaio de abatimento conhecido como Slump Test. Na elaboração do ensaio primeiramente molha-se o cone e a chapa metálica sob o mesmo, após enche-se o cone com concreto em três camadas de igual altura sendo cada camada “socada” com 25 golpes, com uma barra de ferro de 16 mm. Por...
tracking img