Conceitos e arquiteturas de um sgbd

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1944 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conceitos e Arquiteturas de um SGBD
Atualmente, devem-se considerar alguns aspectos relevantes para atingir a eficiência e a eficácia dos sistemas informatizados desenvolvidos. Como se atende os usuários nos mais variados domínios de aplicação (automação de escritórios, sistemas de apoio a decisões, controle de reserva de recursos, controle e planejamento de produção, alocação e estoque derecursos, etc.), os aspectos a serem observados são:

Os projetos Lógico e Funcional do Banco de Dados devem ser capazes de prever o volume de informações armazenadas a curto, médio e longo prazo. Os projetos devem ter uma grande capacidade de adaptação;

Deve-se ter generalidade e alto grau de abstração de dados. Isso possibilitando ter confiabilidade e eficiência no armazenamento dos dados epermitindo a utilização de diferentes tipos de SGBDs através de linguagens de consultas padronizadas;

Projeto de uma interface ágil e com uma "rampa ascendente" para propiciar aprendizado suave ao usuário, no intuito de minimizar o esforço cognitivo;

Implementação desejável de um projeto de interface compatível com múltiplas plataformas (UNIX, Windows NT, Windows Workgroups, etc);Independência de implementação da interface em relação aos SGBDs que darão condições às operações de armazenamento de informações (ORACLE, SYSBASE, INFORMIX, PADRÃO XBASE, etc).

Conversão e mapeamento da diferença semântica entre os paradigmas utilizados no desenvolvimento de interfaces (imperativo, Orientado a Objeto, Orientado a evento), servidores de dados (relacional) e programação dos aplicativos(Imperativo, Orientado a Objetos).

Visão Geral das Arquiteturas

As primeiras arquiteturas usavam mainframes para executar o processamento principal e de todas as funções do sistema, incluindo os programas aplicativos, programas de interface com o usuário, bem como a funcionalidade dos SGBDs.

Esta é a razão pela qual a maioria dos usuários da época, que faziam acesso aos sistemas viaterminais, não possuíam poder de processamento e sim a capacidade de visualização. Todos os processamentos eram feitos remotamente. Apenas as informações a serem visualizadas e controles eram enviadas do mainframe para os terminais de visualização, através de redes de comunicação. Com os preços do hardware decrescendo, os terminais foram substituídos por computadores pessoais (PC) e estações de trabalho.No começo, os SGBDs usavam esses PCs da mesma maneira que usavam os terminais, o SGBD era centralizado e toda sua funcionalidade, execução de programas aplicativos e processamento da interface do usuário eram executados em apenas uma máquina. Gradualmente, os SGBDs começaram a explorar o poder de processamento do lado do usuário, o que levou à arquitetura cliente-servidor.

A arquiteturacliente-servidor foi desenvolvida para dividir ambientes de computação. A idéia é de definir servidores especializados, tais como servidor de arquivos, que mantém os arquivos de máquinas clientes, ou mesmo servidores de impressão que podem estar conectados a várias impressoras. Assim, quando se desejar imprimir algo, todas as requisições de impressão são enviadas a este servidor. As máquinas clientesdisponibilizam para o usuário as interfaces apropriadas para utilizar esses servidores. Esta arquitetura é muito popular pelas seguintes razões:

A facilidade de implementação, com a clara separação das funcionalidades dos servidores.

Os servidores são mais inteligentemente utilizados porque as tarefas simples são delegadas às máquinas clientes mais baratas.

O usuário executa uma interfacegráfica mais simples, ao invés de usar a interface do servidor que é mais complexa.

Diferentes técnicas foram propostas para se implementar essa arquitetura, sendo a mais adotada foi a inclusão da funcionalidade de um SGBD centralizado no servidor. As consultas e a funcionalidade transacional também ficam no servidor, sendo que este é chamado de servidor de consulta ou servidor de transação....
tracking img