Compendio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4698 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PERGUNTAS REFERENTES AO CAPÍTULO I
1) Por que o Institucionalismo é um movimento e não uma ciência, uma disciplina ou uma
tecnologia?
2) O que aconteceu com o saber e o saber-fazer que as comunidades primitivas ou os povos e
grupos leigos em geral produziram e acumularam durante sua experiência de vida?
3) O que significa" divisão social e técnica do trabalho e do saber", e por que se dizque as ciências,
as disciplinas e seus experts estão em geral a serviço das classes e grupos dominantes?
4) Existem "necessidades mínimas naturais" cuja satisfação é demandada pelas populações, ou é a
oferta de bens e serviços que produz certas necessidades e desejos (e não outros) e modula as
demandas?
5) O que significa auto-análise e autogestão?

Capítulo I
O MOVIMENTO INSTITUINTE, AAUTO-ANÁLISE E A AUTOGESTÃO
No início devemos esclarecer que esse livro não terá o nível que alguns esperariam, pois se
procura apresentar uma exposição de nível médio, para ser entendida pelo maior número possível
de pessoas.
Vamos tratar do chamado Movimento Institucionalista ou Instituinte que, como o nome aproximativamente indica, é um conjunto de escolas, um leque de tendências. Não existenenhuma escola ou tendência que possa dizer que encarna plenamente o ideário do Movimento Instituinte.
Contudo, pode-se encontrar em diversas dessas escolas algumas características em comum. E é a essas características em comum que eu gostaria de referir-me agora, da maneira mais simples e mais didática possível. Em capítulos sucessivos, teremos ocasião de complicar as coisas... Agora, a
intençãoé, predominantemente, simplificá-las. Entre as características presentes em todas as tendências do Movimento Instituinte, há algumas que são relativamente fáceis de se colocar. Eu diria que existe o que se chama de "ideaismáximos" do Movimento. Podemos chamar a isto também de
13 ▲
propósitos mais importantes, os objetivos mais ambiciosos dessas escolas. Os mesmos podem ser enunciados através deduas palavras aparentemente simples, mas que são, como veremos depois, muito complexas.
As diferentes escolas do Movimento Instituinte se propõem a propiciar, apoiar e deflagrar nas comunidades, nos coletivos e conjuntos de pessoas processos de auto-análise e de autogestão. O que significam essas palavras?
Depois, compreenderemos com mais detalhes que os processos de interação humana, osprocessos de funcionamento social, têm sido sempre muito complexos. Mas em nossa civilização chamada industrial, capitalista ou tecnológica, a complexidade da vida social atingiu seu máximo
expoente em toda a história da humanidade. Se compararmos, por exemplo, uma organização social dita "primitiva", ou uma organização imperial, despótica, ou uma medieval com a nossa sociedade moderna, o grau decomplexidade, de diversidade que as sociedades modernas atingem é
infinitamente superior ao daquelas civilizações, apesar delas não serem nada simples. Acontece,então, que nossa época, nossa civilização, além de se caracterizar por uma grande diversidade, uma grande complicação interna, caracteriza-se também por, de fato, ter produzido uma soma de saberes
que propiciou, nesses últimos duzentos anos,uma "evolução" maior do que a humanidade havia conseguido em dois mil anos; ou seja, houve um processo de produção de conhecimento e de aplicação do mesmo muito intenso.
Esse saber, como ninguém ignora, resultou em aplicações tecnológicas que aceleraram o chamado "progresso" em igual proporção. E o progresso trouxe uma grande complexidade. Além desses conhecimentos produzidos pelas ciências danatureza, ciências formais, aplicações tecnológicas, existem disciplinas que versam sobre a organização social em si mesma. Ou seja,
nossa civilização tem produzido um saber acerca de seu próprio funcionamento como objeto de estudo e tem gerado profissionais, intelectuais, experts que são os conhecedores dessa estrutura e do processo dessa sociedade em si. Esses conhecedores têm-se colocado, em...
tracking img