Como elaborar um seminario sobre o processo industrial do sabão e detergente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1145 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA POLITÉCNICA DE ENSINO MÉDIO “COMENDADOR MANOEL PEDRO DE OLIVEIRA”

ANÁLISE QUÍMICA QUANTITATIVA
EXPERIMENTO 02
TITULAÇÃO

Elaborado e transcrito por:
Mª de Lourdes
3º ano B Turma B

Professores:
Juliano – Teoria
Cássia- Prática
Cleide – Prática
05/03/2012Objetivo
Aprender a determinar a concentração ou titulo de uma solução por meio da reação completa com outra solução também de concentração completa.

Introdução
Titulação
Titulação (ou volumetria) é uma técnica comum em laboratório na Análise Química Quantitativa, usado para determinar a concentração de um reagente conhecido. O método consiste em reagir completamente um volumeconhecido de uma amostra com um volume determinado de um reagente de natureza e concentração (solução padrão). A substância de interesse em qualquer determinação recebe o nome de analito. A espécie química com concentração definida recebe o nome de titulante, que é, em geral, uma solução obtida a partir de um padrão primário, podendo ser um sal ou uma substância gerada na solução que se deseja valorar.A solução a ter sua concentração determinada recebe o nome de titulado.
Existem vários tipos de titulação, destacando-se a titulação ácido-base, titulação de oxidante-redução e titulação de complexação.

Técnicas de titulação volumétrica
Nas operações de titulação volumétricas, utilizam-se os aparelhos volumétricos, que nada mais são do que utensílios de vidro graduados, empregados nasmedidas de volumes líquidos.
Os aparelhos volumétricos se classificam em:
a-) Aparelhos volumétricos calibrados para conter um dado volume líquido como o balão volumétrico;
b-) Aparelhos volumétricos calibrados para escoar determinados volumes como pipetas, provetas e buretas.
Cuidados durante a titulação
Para analisar e interpretar os resultados de uma experiência é necessário o conhecimento naprecisão das medidas. È importante saber que sucessivas medidas da uma mesma grandeza não dão resultados iguais, ainda que feita cuidadosamente.
É necessário verificar se o instrumento está devidamente calibrado. Repetir o procedimento varias vezes para chegar a um resultado mais preciso, utilizando os mesmos instrumentos e sendo realizados pelo mesmo operador.
Quando a titulação é feita em balãode Erlenmeyer, o operador deve agitar, com movimentos circulares, o titulado à medida que vai adicionando, gota a gota, a solução titulante. A titulação termina quando há alteração do titulado, frequentemente revelada pela mudança de cor do indicador.

Buretas
Buretas servem para escoar volumes variáveis de líquidos e são constituídos de um tubo de vidro uniforme calibrado em mL e providas deum dispositivo adequado para fácil controle da vazão do líquido, situado entre o tubo e a ponta afilada, que permite estilar o líquido.
As Buretas de uso mais corrente são de 25 e 50 mL. Nos trabalhos com escalas semi-micro são usadas Buretas de 5 a 10 mL graduada em 0,01 ou 0,02 mL.
Leitura da Bureta
A localização do ponto mais baixo do menisco é a referência para o ajustamento e leitura doaparelho, desde que a linha de visão do observador se situe em ângulo reto com o tubo. Caso contrário. O ajustamento e leitura são afetados pelo erro de paralaxe.

Materiais e Reagentes utilizados

Materiais:
- Bureta
- Suporte Universal
- Garra de Castelan
- 3 Erlenmeyer de 250 mL
- Proveta de 100 mL
- Béquer de 100 mL
- pisseta
Reagentes:
- Fenolftaleína
- HCl (Ácido Clorídrico)
-NaOH (Hidróxido de Sódio)
- Água destilada

Procedimento

- Com o auxilio do béquer de 100 mL carregou-se a Bureta com NaOH ( Hidròxido de Sódio) e zerou.Verificou-se a formação de bolhas de ar,eliminou-as.
- Colocou-se a Bureta no Suporte Universal, fixada na Garra de Castelan.
- Mediu-se 25 mL de HCl ( Ácido clorídrico) em uma proveta de 100 mL.
- Com a pisseta adicionou-se um...
tracking img