cognitivo

Páginas: 5 (1246 palavras) Publicado: 1 de junho de 2014
FACULDADE CAPIXABA DA SERRA-MULTIVIX
CURSO: PEDAGOGIA

NOMES: ABILENE SILVA SANTOS
ADRIANA DIAS ROTA
CRISTINA ALVES SANTOS OLIVEIRA
KARINE TEXEIRA CALMON
LANA LAUREN BARBOSA DA COSTA
MARGARETH JORGE LUDGERIO
ROSILDA DA SILVA SANTOS







SEXUALIDADE INFANTIL DE ZERO Á TRÊS




SERRA – ES
2013

FACULDADE CAPIXABA DA SERRA-MULTIVIX
CURSO: PEDAGOGIASEXUALIDADE INFANTIL DE ZERO Á TRÊS




Trabalho acadêmico apresentado á disciplina de Educação Saúde e Sexualidade, 2 período do Curso de Pedagogia da Faculdade Capixaba Serra – MULTIVIX, como requisito parcial para avaliação da disciplina .
Orientador: Prof: Paulo






SERRA – ES
Sexualidade Infantil de zero á três anos
Já faz quase um século que Freud descreveu a sexualidade infantil,escandalizando a sociedade daquela época. Desde então, muito se estudou e falou sobre este assunto e, mais recentemente, com a inclusão da educação sexual nas escolas, os pais estão se dando conta de que as antigas fórmulas de “se livrar” do problema já não funcionam mais.
Para trabalhar com a educação sexual na escola é importante que toda equipe pedagógica esteja em sintonia que o projetopolitico pedagógico esteja bem formulado. A educação sexual está prevista nos parâmetros curriculares nacionais, cabe à escola adequá-la ao currículo e dividir com os pais as expectativas e os objetivos a serem construídos pela filosofia da escola.
O trabalho com a educação sexual é uma parceria com a família, que deve se informado e educado para entender a sexualidade como impulso presentes em todosos estágios desenvolvimento humano.
A sexualidade é uma energia, uma força vital, um impulso que pode encontrar varias formas de expressão. Ela esta presente desde antes do nascimento na formação dos órgãos genitais, e está em toda a experiência emocional e construções afetivas do ser humano. A sexualidade se apresenta de varias formas e se transformando ao longo dos anos. Na esta conectadasomente aos órgãos e nem tampouco á relação sexual, mas compreende, uma serie de processos psicológicos e físicos de sanções, sentimentos de trocas afetivas e necessidade de carinho e contado e necessidade com aceitação.
É importante esclarecer que a sexualidade é precoce por natureza, pois a criança já nasce com ela, mas o que vem acontecendo é que cada vez mais cedo vemos crianças interessadas poruma atitude sexual.
Educação sexual é um processo de vida inteira. Não é fácil para pais que não foram educados desta forma em sua infância, mas o importante é tentar melhorar a educação que possam oferecer a seus filhos. É bom saber que, assumindo ou não a tarefa de orientá-los, conversando ou não, estará dando educação sexual. Dependendo da atitude dos pais, as crianças aprendem se sexo ébonito ou feio, certo ou errado, conversável ou não.
A sexualidade infantil é composta por algumas fases como: fase oral, fase anal, fase fálica.
Fase oral: Nessa fase compreende a faixa etária de zero a dezoito meses, aproximadamente, a energia sexual se manifesta pela boca, ou seja, através da boca que o bebê descobre o mundo e têm seus primeiros contatos afetivos, o importante aqui é entender quesugar o leite da mãe é uma experiência tão prazerosa para o bebê, é um paraíso para criança. Por isso, ele leva tudo à boca na incansável busca da sensação de prazer.
Fase anal: Compreendendo de um ano a três anos, marcada pelo controle anal, sendo que a maior zona da satisfação é a região do ânus. Esse estagio de modo geral representa o inicio da autonomia da criança ela descobre que podecontrolar o cocô e experimenta a sensações de independência e principalmente as primeiras noções de higiene começam a ser desenvolvidas.
Fase fálica: É a etapa que acontece de três a seis anos atenção da criança e voltada para os órgãos genitais é nessa fase que os pequenos começam a descobrir as diferenças entre os sexos.
O menino descobre o pênis e suas funções e que saber por que a menina não...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • COGNITIVO
  • Desenvolvimento cognitivo
  • Desenvolvimento cognitivo
  • Perceptual Cognitivo
  • Mapas Cognitivos
  • Psicomotor E Cognitivo
  • Processos Cognitivos
  • Terapia Cognitivo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!