Codigo de barras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1060 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Conceito e Evolução de Centro de Distribuição

Introdução
A distribuição física de produtos constitui-se em permanente desafio logístico. A escolha do posicionamento e da função das instalações de armazenagem é uma definição estratégica. É parte de um conjunto integrado de decisões, que envolvem políticas de serviço ao cliente, políticas de estoque, de transporte e de produçãoque visam prover um fluxo eficiente de materiais e produtos acabados ao longo de toda a cadeia de suprimentos. (Lacerda, 2000).
Atualmente, esta definição tem passado por transformações profundas, envolvendo serviços que vão muito além da tradicional estocagem de curto e médio prazo. As empresas procuram cada vez mais agilizar o fluxo de materiais, comprimindo o tempo entre o recebimento e aentrega dos pedidos, para reduzir os investimentos em estoque. Neste ambiente, o papel da armazenagem está voltado para prover capacidade de resposta rápida e muitos dos serviços executados visam justamente reduzir as necessidades de estoque.
Acompanhando esse cenário, o mercado está migrando para a centralização de estoque, facilitando a entrega direta e contínua em cada ponto de venda,fazendo com que os CDs assumam em papel de relevância logística.

1.1 Definição de Centro de Distribuição

O Centro de Distribuição é uma configuração de armazém onde são recebidas cargas consolidadas de diversos fornecedores. Essas cargas são fracionadas a fim de agrupar os produtos em quantidade e sortimento corretos e, então, encaminhadas para os pontos de venda, mais próximos.O CD é um conceito moderno, cuja função ultrapassa as tradicionais funções dos depósitos, galpões ou almoxarifados, as quais não são adequadas dentro de um sistema logístico. Alves (2000, p. 139) aponta uma grande diferença entre depósitos e os CDs: Os depósitos, operados no sistema push, são instalações cujo objetivo principal é armazenar produtos para ofertar aos clientes, já os CDs,operados no sistema pull, são instalações cujo objetivo é receber produtos just-in-time modo a atender às necessidades dos clientes.

1.2 As Etapas da trajetória dos produtos em um CD:

Recebimento

A atividade de recebimento é a primeira etapa da trajetória do produto no CD. Essa etapa é essencial para a realização das outras atividades, envolvendo o descarregamento das cargase a conferência da quantidade dos produtos entregues pelos fornecedores. Após registrar os produtos, o sistema de gerenciamento do armazém (WMS) indica o endereço na área de armazenagem ou em outras áreas organizacionais onde os produtos deverão ser alocados.

Movimentação

A movimentação interna dos produtos é o transporte de pequenas quantidades de produtos no armazém. Em geral,a movimentação e o manuseio de materiais absorvem tempo, mão-de-obra e dinheiro. Segundo Moura (1998), o tipo de equipamento utilizado na movimentação de materiais afeta a eficiência e o custo da operação do CD.

Armazenagem

É a guarda temporária de produtos para posterior distribuição. Os estoques são necessários para o equilíbrio entre a demanda e a oferta. No entanto, asempresas visam manter níveis de estoques baixos, pois estes geram custos elevados: custos de pedir: custos de manutenção: custos de oportunidade (associado ao emprego de capital em estoque (Hong, 1999).

Separação de pedidos

A separação de pedidos (picking) é a coleta do mix correto de produtos, em suas quantidades corretas da àrea de armazenagem para satisfazer as necessidades doconsumidor. A área de estocagem na maioria dos armazéns ocupa um grande espaço, devido ao acondicionamento dos estoques. Assim, a separação de pedidos, que é realizada nessa área, implica em grandes deslocamentos por parte dos operadores. Segundo Lima (2002) existem algumas alternativas, para diminuir esse tempo gasto com o deslocamento, como: definição das rotas de coleta, lógicas de endereçamento e...
tracking img