Clp - controladores logicos programavis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3426 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistemas Digitais Módulo 17 – Prof. Celso

1

CLP – Controlador Lógico Programável

O CLP, ou PLC (Controlador Lógico Programável), nasceu da necessidade da indústria automobilística de economizar tempo e dinheiro quando a mesma precisava modificar a lógica de controle dos painéis de comando. Assim, em meados de 1968 nascia na General Motors o CLP, cuja especificação foi liderado peloengenheiro Richard Morley. Esse CLP era um amontoado de relés colocados em placas que faziam conexão com outra placa maior através da fiação. O circuito de fiação era na verdade o software de programação. Anos depois os relés eletromecânicos foram trocados por transistores e na metade dos anos setenta, os circuitos integrados já compunham as placas dos CLPs. Essa pode ser considerada a primeira geraçãodo CLP. A segunda geração surge com o advento dos microprocessadores e microcontroladores. Os CLPs de segunda geração se caracterizam pela programação intimamente ligada ao hardware do equipamento. A linguagem utilizada era o Assembly que variava de acordo com o processador utilizado no projeto do CLP, ou seja, para poder programar era necessário conhecer a eletrônica do projeto do CLP. Aterceira geração se caracteriza pelo início da programação de alto nível, sendo os programas feitos em computadores pessoais (PC) e numa linguagem mais próxima do usuário. Os CLPs oferecem as seguintes vantagens: - Ocupam menor espaço; - Exibem menor potência elétrica; - Podem ser reutilizados; - São programáveis, permitindo alterar os parâmetros de controle; - Apresentam maior confiabilidade; -Manutenção mais fácil e rápida; - Oferecem maior flexibilidade; - Apresentam interface de comunicação com outros CLPs e computadores de controle; - Permitem maior rapidez na elaboração do projeto do sistema.

Estrutura do CLP Um CLP pode ser dividido em 6 partes: - Entradas - Saídas - Unidade Central de Processamento (CPU) - Memória de programa e de dados - Unidade de comunicação - Fonte de alimentação 1 Sistemas Digitais Módulo 17 – Prof. Celso A figura abaixo mostra o diagrama da estrutura de um CLP: Memória de programa e de dados Fonte de Alimentação

2

E N T R A D A S

Unidade Central de Processamento (CPU)

S A Í D A S

Isolamento Óptico

Comunicação

Isolamento Óptico

Fonte de Alimentação: Responsável pela alimentação da CPU e dos módulos de entrada e saída.Geralmente éuma fonte do tipo chaveada com uma tensão de saída de 24 Vcc. Memória de programa: Responsável pelo armazenamento do programa aplicativo. O programa aplicativo é um programa desenvolvido pelo usuário para desempenhar determinadas tarefas. Memória de dados: Local utilizado pelo CPU para armazenamento temporário de dados. CPU (Unidade Central de Processamento): Responsável pela execução do programaaplicativo e pelo gerenciamento do processo. Sistema de Comunicação: Utilizada para conectar o Terminal de Programação. O Terminal de Programação é um dispositivo que serve para introduzir o programa aplicativo no CLP. O Terminal de Programação permite, também, monitorar passo-a-passo o programa aplicativo. Além disso, o sistema de comunicação pode se comunicar com outros CLP interligados em redeatravés de um CLP mestre ou com um modem via Internet. Esses CLPs em rede junto com outros dispositivos podem fazer parte de uma rede de chão de fábrica denominada de FildBus. Entradas e Saídas: São módulos responsáveis pelo interfaceamento da CPU com o mundo exterior adaptando os níveis de tensão e corrente e a conversão e a tradução de sinais. Cada entrada ou saída de sinal é denominado deponto. Para especificar um CLP é necessário 2

Sistemas Digitais Módulo 17 – Prof. Celso

3

saber quantos pontos de entrada e quantos pontos de saída serão utilizados. Além disso, essas entradas e saídas podem ser digitais ou analógicas. As entradas analógicas são conversores A/D normalmente de 12 bits e as saídas analógicas são conversores D/A. Na figura anterior, nota-se que entre a CPU...
tracking img