Ciencias sociais e naturais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INDIVIDUALISMO ÉMILE DURKHEIM Fato Social - Exterioridade (o fato social é exterior ao indivíduo). - Coercitividade. - Generalidade (o fato social é geral). * Os fatos sociais são regras jurídicas, morais e sistemas financeiros. Método: Tratar os fatos sociais como COISA a partir de três princípios de orientação racionalista positivistas: 1. A sociedade é regida por leis naturais. 2. De que asociedade pode ser estudada pelos métodos da ciência da natureza. 3. De que as ciências da sociedade, assim como da natureza, devem limitar a análise de fenômenos de forma neutra, objetiva e livre de julgamentos. - O método envolve três características: a) Ser independente diante de qualquer filosofia, visando apenas o princípio da causalidade. b) Garantir a objetividade eliminando as pré-noções eexaminá-los como são. c) Devem ser explicadas por outro fato social, por comparatividade.

CONSCIÊNCIA COLETIVA MAX WEBER - Sua corrente tenta compreender a sociedade sob a ótica do conflito. - A maior diferença entre essa corrente e a de Durkheim é a sociedade por meio social de Durkheim e a sociedade por meio das ações do indivíduo de Weber. - Weber faz uma diferenciação entre Ciência x Políticae Economia x Sociedade. Ele imagina uma sociedade neutra, em que a ciência não se deve misturar com a política e analisa a sociedade, mas abstém-se da opinião.

EVOLUCIONISMO CULTURAL - Ideologia científica que preconizava a evolução necessária e linear das sociedades humanas, à exemplo da civilização européia. - A vertente cultural do evolucionismo seria a aplicação da teoria geral daevolução ao fenômeno cultural. Maine: interessado na evolução do Estado estudou o parentesco dos povos primitivos acreditando que a família patriarcal era a forma original e universal da vida social. Hadson: ressaltou a evolução nas artes. James Frazen: postulava três etapas da evolução pelas quais todas as sociedades passariam – magia, religião e ciência. Morgan: distinguiu 3 grandes períodos da evolução:selvageria, barbárie e civilização.

ELEMENTOS BÁSICOS DA ESCOLA EVOLUCIONISTA 1. Sucessão linear (consistia em um sistema hipotético de progressão singular e universal. 2. Observação do presente pelo passado. 3. A busca da origem explicativa da humanidade. 4. Método corporativo (que ordenavam os dados observados de acordo com os princípios estabelecidos cronologicamente). ESCOLA HISTORICISTA -Procurava explicar o desenvolvimento cultural através do processo de difusão de elementos culturais de uma sociedade a outra (praticamente nada se inventava, tudo se trocava). - Dava ênfase no fenômeno da difusão e nos contatos entre os povos, e surge em reação às simplificações do evolucionismo, oferecendo maior rigor científico às informações.

FUNCIONALISMO - Rejeitam na teoria da cultura aexplicação da origem da história, propagando a lógica do sistema. - Defendiam uma visão sincrônica da realidade social, ou seja, uma realidade disposta num espaço

determinado independente do tempo passado. - Relacionam a sociedade a um organismo, uma unidade complexa.

RESUMO DO LIVRO “ANTROPOLOGIA PARA QUEM NÃO VAI SER ANTROPÓLOGO" I. 1. O que é Antropologia? O estudo das Ciências Sociais émotivo de grandes questionamentos quanto a sua utilidade. Afinal, o desconhecido de tal matéria é praticamente geral, mesmo entre os estudantes. Além de que existe um grande pensamento equivocado em relação ao protótipo do antropólogo, onde ele é visto como alguém da selva, em busca de aventuras e de desvendar histórias. E muitas pessoas também os confundem com outros tipos de profissionaisrelacionadas com a pesquisa histórica, como os arqueólogos, ou até com os paleontólogos, ao imaginar que eles estudam os fósseis ou algo relacionado. Outra complicação à cerca da Antropologia é quanto ao significado de seu nome, que diz ser o estudo do homem, mas atualmente este é um conceito inválido, mesmo porque não tem um sentido próprio e abranda o geral. Entretanto, a Antropologia não tem um...
tracking img