Ciencias contabeis ivanir soares amaral rotinas trabalhistas e contabilização sinop 2012 rotinas trabalhistas e contabilização trabalho apresentado ao curso (nome do curso) da unopar - universidade norte do paraná,

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2263 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
ciencias contabeis
IVANIR SOARES AMARAL



ROTINAS TRABALHISTAS E CONTABILIZAÇÃO

SINOP
2012

ROTINAS TRABALHISTAS E CONTABILIZAÇÃO

Trabalho apresentado ao Curso (nome do curso) da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina DE CIÊNCIAS CONTÀBEIS 2º Semestre

SINOP
Ano 2012

INTRODUÇÃOEste trabalho tem por finalidade melhor entendimento e ampliação dos conhecimentos das rotinas trabalhistas e sua contabilização.

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL

A contribuição sindical está prevista nos artigos 578 a 591 da CLT. Possui natureza tributária e é recolhida compulsoriamente pelos empregadores no mês de janeiro e pelos trabalhadores no mês de abril de cada ano. O art. 8º, IV, in fine, daConstituição da República prescreve o recolhimento anual por todos aqueles que participem de uma determinada categoria econômica ou profissional, ou de uma profissão liberal, independentemente de serem ou não associados a um sindicato. Tal contribuição deve ser distribuída, na forma da lei, aos sindicatos, federações, confederações e à "Conta Especial Emprego e Salário", administrada pelo MTE. Oobjetivo da cobrança é o custeio das atividades sindicais e os valores destinados à "Conta Especial Emprego e Salário" integram os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador. Compete ao MTE expedir instruções referentes ao recolhimento e à forma de distribuição da contribuição sindical.Legislação Pertinente: arts. 578 a 610 da CLT.Competência do MTE: arts. 583 e 589 da CLT


Esses descontos,refletem sobre o empregador a 20% ou 22% sobre o salário de cada empregado. Com relação aos empregados, o dsconto é progressivo, variando de 7,65% até 11%.

ALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO |   | ALIQUOTA DE RECOLHIMENTO DO INSS |   |   |
|
| Salário até R$ 911,70 |   | 8,00% | |
|
  | | Salário de R$ 911,71 até R$ 1.519,50 |   | 9,00% | |   |
|
| Salário de R$ 1.519,51 até R$ 3.038,99|   | 11,00% | |
|
|

Imposto de Renda e INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) são contribuições comuns a todos os trabalhadores brasileiros com carteira assinada. Juntos, eles representam uma boa fatia do salário mensal, que também pode sofrer descontos rmposto de Renda Retido na Fonte
| | |
|
  |   | BASE DE CÁLCULO (R$) |   | ALIQUOTA(%) |   | PARCELA A DEDUZIR DOIMPOSTO (R$) |   |   |
|
| Até R$ 1.372,81 |   | isento |   | zero | |
|
  | | de R$ 1.372,82 a R$ 2.743,25 |   | 15 % |   | 205,92 | |   |
|
| acima de 2.743,25 |   | 27,5 % | 548,82 | |
|
  | | No caso dos salários, a base de cálculo é a remuneração mensal menos:

a) o valor da contribuição ao INSS; e
b) R$ 137,99 por dependente legal |   |
| |

* Remuneraçãomensal: salário fixo, salário variável, descanso semanal remunerado, adicional noturno e outros, se aplicáveis.
* Contribuição ao INSS: 11% sobre a remuneração mensal, com teto máximo de R$ 318,37.
* Dependente legal: pode ser o marido ou a mulher, filho, filha ou enteados até 21 anos (pode ser até 24 anos se forem universitários ou estiverem cursando escola técnica de segundo grau),todos não declarantes .
A legislação trabalhista admite determinadas situações em que o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço, sem prejuízo do salário.
 
As dispensas legais são contadas em dias de trabalho, dias úteis para o empregado.
 
 
FALTAS ADMISSÍVEIS
 
O empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário:
* até 2 (dois) dias consecutivos, em casode falecimento do cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em sua Carteira de Trabalho e Previdência Social, viva sob sua dependência econômica;
* até 3 (três) dias consecutivos, em virtude de casamento;
* por 5 (cinco) dias, em caso de nascimento de filho, no decorrer da primeira semana;
* Em Direito do trabalho, hora extra consiste no tempo laborado além da...
tracking img