Cibercultura -levy pierre cap 1,8 e 10

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (699 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O livro Cibercultura é uma das principais obras do filósofo Pierre Lèvy. Foi publicado em 1987, e é fruto de um relatório encomendado pelo Conselho Europeu sobre Educação e Desenvolvimento . O livrotem como foco central as implicações culturais do desenvolvimento das tecnologias digitais de informação e comunicação. Na introdução do livro Pierre Lèvy adota a idéia de "dilúvio" concebida porRoy Ascot para exemplificar a situação que nos encontramos à deriva de um mar informacional. Diz Lèvy que não há fundo sólido nem ponto fixo nesse oceano de informações. O livro se divide em trêspartes: Definições, Proposições e Problemas. Na primeira parte Lèvy faz uma série de definições de conceitos básicos, ferramentas e funções da internet, como por exemplo: interatividade, ciberespaço,correio eletrônico, conferência eletrônica e transferência de arquivos.
I - As tecnologias tem um impacto? In: CIBERCULTURA – Pierre Levy As técnicas são produtos da sociedade. São imaginadasfabricadas e utilizadas pelos humanos. “E o próprio uso intensivo de ferramentas que constitui a humanidade”. E impossível separar os seres humanos de suas criações e signos. As tecnologias são produtos deuma sociedade e de uma cultura. Por trás das técnicas, reagem também todos os tipos de idéias e jogos de estratégias da sociedade. As técnicas condicionam a sociedade, mas não a determina. A técnicaabre muitas possibilidades na sociedade que, muitas vezes, sem as quais, seria impossível alguns avanços. Uma técnica em si não e boa nem ma, depende do contexto e do uso que dela se faz. Um dosprincipais motores da cibercultura é a inteligência coletiva. O crescimento do ciberespaço fornece um ambiente propicio a inteligência coletiva. A inteligência coletiva constitui ao mesmo tempo veneno eremédio. Veneno para aqueles que dela não participam e remédio para aqueles que dela participam e conseguem controlar-se em meio a seus turbilhões e “correntes” de informações.

VIII – O som da...
tracking img