Mercados verdes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 120 (29929 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS MESTRADO EM ORGANIZAÇÕES E SOCIEDADE

DÉCIO SOARES VICENTE

MERCADOS VERDES: Etnografia do Pensamento Sustentável

PORTO ALEGRE, 30 DE MARÇO DE 2011

2

DÉCIO SOARES VICENTE

MERCADOS VERDES: Etnografia do Pensamento Sustentável

Dissertaçãoapresentada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Ciências Sociais.

Orientadora: Drª. Lúcia Helena Alves Müller

PORTO ALEGRE 2011

3

DÉCIO SOARES VICENTE

MERCADOS VERDES: Etnografia do Pensamento SustentávelDissertação apresentada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Ciências Sociais.

Orientadora: Drª. Lúcia Helena Alves Müller

Aprovada em ____ de _____________ de 2011. BANCA EXAMINADORA:________________________________________ Profª. Drª. Lúcia Helena A. Muller

________________________________________ Profª. Drª. Isabel Cristina Moura Carvalho

________________________________________ Prof. Dr. Arlei Sander Damo

4

Arriscar-se causa ansiedade, mas deixar de arriscar-se é como destruir a própria alma. Kierkegaard

5

Agradecimentos

Meus sinceros agradecimentos para a professora Lúcia Müller, que meincentivou a ingressar no mestrado, e com muita sabedoria e paciência me orientou na execução deste estudo. Agradeço a oportunidade que a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) me possibilitou ao ceder a bolsa de estudos, o que permitiu a realização deste trabalho. Aos colegas do mestrado, que me escolheram e confiaram a mim a tarefa de representante discente,companheiros e companheiras que participaram comigo de momentos importantes ao longo deste curso. Aos amigos e amigas do Núcleo de Estudos de Empresas e Organizações (NEEO), que me possibilitaram maiores reflexões e compreensões acerca de teorias da antropologia e sociologia econômica, além dos agradáveis bate-papos. Agradeço aos professores e professoras do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociaisda PUCRS por terem me agüentado novamente. Agradeço à minha família, pela esperança e pelo apoio. E agradeço principalmente à minha mãe Susana, pois sem sua ajuda, nada disto teria sido possível.

6

RESUMO

Podemos caracterizar diferentes tipos de mobilizações da sociedade em prol da natureza em cada momento da história, desde representações mais filosóficas até decisões voltadas parapolíticas públicas. Entretanto, a atual discussão sobre os problemas ocasionados aos ecossistemas tem se configurado também em novas formas de atuação que envolve o campo econômico. Os diferentes mercados passam a ser incluídos como espaços de possibilidades de proteção ambiental, o que provoca mudanças perceptíveis, pela adoção da noção que vem sendo denominada como “desenvolvimento sustentável” epela criação de tentativas para descarbonizar as atividades produtivas (neutralização do CO2). Mas esta nova forma de preservação ambiental só vem sendo possível e legitimada a partir da participação de movimentos ambientalistas, o que causa estranheza, já que estes movimentos buscaram distanciamento da lógica de mercado em outros momentos. A partir de uma abordagem etnográfica do pensamento moderno,realizada em revistas de circulação nacional, que tratam da emergência e das possibilidades do “desenvolvimento sustentável”, este estudo tem o objetivo de compreender como o pensamento voltado para “sustentabilidade” constrói a ideia do mercado associado à proteção ambiental. Através desse estudo foi possível identificar a multiplicidade de formas de pensamento, que redefinem fronteiras e/ou...
tracking img