China

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1455 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
China, país do Extremo Oriente asiático, terceiro maior do mundo em superfície e o maior em população. Limita-se ao norte com a República da Mongólia e com a Rússia, a nordeste com a Coréia do Norte, a leste com o mar Amarelo e o mar da China Oriental, ao sul com o mar da China Meridional, o Vietnã, Laos, Myanmar (ex-Birmânia), a Índia, o Butão e o Nepal, a oeste com o Paquistão e oTadjiquistão e a noroeste com o Quirguistão e o Cazaquistão. Conta com mais de 3.400 ilhas costeiras, sendo Hainan a maior delas. A superfície é de 9.571.300 km2, sem contar Taiwan. A capital é Pequim e a maior cidade é Xangai.Mais de uma quinta parte da população mundial vive dentro de suas fronteiras. A ascensão do governo comunista, em 1949, é um dos fatos mais importantes de sua história. Desdeo final da década de 1970, saiu de seu isolamento em relação à comunidade internacional e procurou modernizar sua estrutura econômica.
A ascensão da China
A China é o maior fenômeno econômico da história. Nenhum outro país cresceu por trinta anos seguidos (1980-2010), à taxa média de 12% ao ano. Em 2010, ela se tornou a segunda maior economia do mundo. Ainda nesta década poderá ser a primeira.Por aqui, esse êxito é explicado por teses simplistas. Decorreria de taxas de câmbio valorizadas, de políticas industriais ou da ação de empresas estatais. Na verdade, o sucesso chinês tem raízes mais amplas, profundas e provavelmente duradouras.

A China despertou de um longo declínio, que começou por volta do século XV, quando Portugal e Espanha se lançavam na aventura ultramarina. N época,ela representava cerca da metade da economia mundial. Em 1800, em plena Revolução Industrial inglesa, a China ainda respondia por 33% da produção mundial de manufaturados (28% na Europa e apenas 0,8% nos Estados Unidos).

Nos séculos XIX e XX, a China foi ocupada por potências estrangeiras. No período comunista, a expansão da educação se interrompeu e muitas universidades foram fechadas.Políticas desastradas de Mao, como a de produzir aço a qualquer custo, e a insana Revolução Cultural aceleraram o declínio.

A reversão começou em 1978 com Deng Xiaoping, que restabeleceu a prioridade à educação, acolheu o investimento estrangeiro, privatizou empresas estatais e permitiu ampla participação do setor privado na economia. No ensino superior, foram adotados os modelos britânico eamericano.

POPULAÇÃO
A população é aproximadamente 93% de etnia chinesa ou han. Os chineses pertencem ao grupo mongolóide. Mais de 70 milhões de pessoas compõem as 56 minorias nacionais. A maior parte desses grupos distingue-se dos chineses pelo idioma ou pela religião, mais do que por suas características étnicas. As principais minorias são os zhuang, relacionados com os tai (14,6 milhões), os hui ouchineses muçulmanos (7,9 milhões), os uigur de idioma turco (6,5 milhões), os aborígenes miao (5,5 milhões) e os mongóis (3,7 milhões). 

Tem uma população (1993) de 1.177.584.537 habitantes, com uma densidade de 123 hab/km2, embora a distribuição geográfica seja muito desigual. A migração espontânea do campo para as cidades foi proibida desde meados da década de 1950 até 1978. Em 1991, havia 40cidades com mais de um milhão de habitantes. As principais são: Xangai (segundo estimativas para 1992), 7.860.000 habitantes; Pequim (1992), 7 milhões de habitantes; Tianjin, 5.090.000 habitantes; Shenyang, 4.540.000 habitantes; Wuhan, 3.750.000 habitantes e Cantão, 3.580.000 habitantes, estas últimas de acordo com estimativas para 1991. O idioma oficial é o putonghua (fala corrente), conhecidopelos ocidentais como mandarim. Os mais de 70 milhões de membros das minorias têm seus próprios idiomas falados, entre os quais se encontram o mongol, o tibetano, o miao, o tai, o uigur e o cazaque. O dialeto mandarim é o que se ensina nas escolas, geralmente como segundo idioma (ver Língua chinesa). 
ECONOMIA
Após a instauração do comunismo, no primeiro plano qüinqüenal (1953-1957), 92% da...
tracking img