Caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (395 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Caso clínico:
Parturiente, 24 anos, G2 P1 A1, refere ter feito pré-natal (7 consultas), sem intercorrências, porém sem cartão de acompanhamento. Na 34ª semana ocorreu amniorrexe prematura e umaultrassonografia obstétrica revelou oligodramnia severa. Após 48 horas de bolsa rota e corticoterapia materna, foi realizada cesariana. RNPT de 34 semanas e 3 dias, AIG, do sexo masculino, em aleitamentomaterno exclusivo, desenvolve icterícia nas primeiras 24 horas, zona II de Kramer. Depois de depois de dois dias RN apresenta sucção débil, hipoatividade, hepatoesplenomegalia e zona IV de Kramer.Exames laboratoriais revelam BI de 13mg/dl, BT de 13,7 mg/dl, hemoglobina de 16 g/dl. O diagnóstico médico foi Síndrome ictérica e o tratamento implementado foi fototerapia.

|Diagnósticos deEnfermagem |Intervenções de Enfermagem |
|Risco de desequilíbrio eletrolítico relacionado a efeitos |Estimular aamamentação por livre demanda; |
|secundários a tratamentos (fototerapia). |Monitoração hídrica( controle da diarréia e da eliminação urinária);|
||Aconselhamento na lactação; |
||Terapia endovenosa, conforme prescrição médica; |
|Risco de desequilíbrio na temperatura corporal relacionado a |Regulação da temperatura:|
|exposição a extremos de temperatura ambiental. |Controle rigoroso da temperatura corporal, pois pode ocorrer um |
||hiperaquecimento pela ação do calor da lâmpada – 4/4h; |
| |Controle do ambiente da...
tracking img