Casa mamae margarida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2852 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Projeto de Intervenção de Estágio
1- identificação
Titulo: CRIANÇAS E ADOLESCENTE
Aluno: Anny Angiolis, Patrícia de Castro Frazão
Supervisor de campo: Ana Paula Angiole
Instituição de estagio: casa mamãe margarida.
Período e semestre: 2012/02
Apresentação
Justificativa

Objetivo geral

Objetivos específicos
Objetivos específicos | Atividades | Metas | Prazos |
|| | |
| | | |
| | | |
| | | |


Procedimento metodológico:
1- momento:
2 – momento:
3 – momento:
Monitoramento e avaliação
O projeto será avaliado por um assistente social
Recursos
Humanos | |
quantidade | |
| |
| |
| |
| |
| |
| |
| |
| |
| |

Orçamento
| | | |
| | | |
| | | |
Cronograma deexecução
Referencia bibliográfica
Anexos e apêndices

Como
O projeto de intervenção será realizado trabalhos como ciclos de palestras, oficinas com temas sobre ética, cidadania voltada ao respeito direito e deveres, as meninas da casa terão a oportunidade de escreverem sua historia através de diários assim descrevendo seu dia-a dia e assim possibilitando o regate de sua vida e de sua própriamelhoria pessoal.
Onde
Casa mamãe margarida
Por que
vi- se a necessidade de esclarecimento sobre as temáticas a serem abordadas uma vez que as internas desconhecem seus direitos e deveres

O profissional que preza pela sua imagem age com retidão 

Ética é uma ciência que estuda a moral, procurando avaliá-la criticamente para chegar a valores sustentáveis e universais. Essa ciência é um ramoda fi losofi a, que tem como objetivos maiores o bom e o bem. As organizações em geral precisam de códigos de condutas que possam ir além dos valores e costumes individuais de seus colaboradores, a fi m de conseguirem fi rmar, de maneira uníssona, a imagem de empresas sérias e elegíveis no nicho de mercado em que atuam. 

A credibilidade de uma corporação passa pela forma como ela é vista nomercado. O mesmo vale para o funcionário. O profi ssional que preza por sua imagem, que pensa a longo prazo e quer traçar para si um futuro promissor pauta todas as suas atitudes em valores éticos e íntegros: o jeitinho, a vantagem, o só levar a melhor não são parte de seus valores e de seu cotidiano. E esse profi ssional merece o aplauso de todos nós, pois entendeu que, sem ética, a elegânciainexiste.
 Dentro do contexto da sociedade da informação, da globalização e da cidadania; em um momento em que o ambiente pessoal e profissional exige do individuo uma postura vinculada com a responsabilidade social e o discernimento dos limites da liberdade, pensando no respeito ao outro como garantia de ver respeitados os próprios direitos; discutir o conceito de ética tornou-se essencial.

Istoporque é preciso ter clareza no significado do termo ética, não confundir a referência conceitual com esferas ligadas entre si, mas que são distintas, tal como a moral, o direito ou a ideologia.

Neste sentido, o grande problema inicial é, antes de tudo, a própria definição do que se entende por ética.

Definindo o termo e seu significado.
Existe uma confusão reinante no sendo comum que nãodistingue ética e moral.
O que tem razão de ser, porque um conceito não existe sem o outro, estando entrelaçados, além da ética ter sofrido modificações conceituais ao longo da história, com vários desdobramentos.
Entretanto, é fato que ética e moral são distintos.
A gênese da confusão está na origem dos termos e em sua concepção primitiva, repleta de paralelos e aproximações.
Apalavra Ética nasceu na Grécia antiga, deriva de Ethos, que significa morada ou residência.
A partir da qual surgiu o termo Ethica, significando personalidade, assumindo a utilização usual para expressar costumes e hábitos.
Desde então, vários filósofos abordaram a sua conceituação, cunhando uma significação de senso comum, ainda corrente, de normatização de comportamentos.
A palavra Moral nasceu do termo...
tracking img