Caps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3640 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 CARACTERIZAÇÃO DO SERVIÇO 4

3 DESENVOLVIMENTO 5

4 CONCLUSÃO 12

5REFERÊNCIAS.......................................................................................................14


6 ANEXOS.................................................................................................................15
INTRODUÇÃO



Este trabalho tem como objetivo de compreender, refletir e acima de tudo desenvolver noções perante os profissionais da área do serviço social junto com as políticas sociais e o projeto ético-político. A determinação de um projetocoletivo em que o indivíduo seja considerado real e concreto co seus problemas, constitui-se em um dos indicativos para explicar o projeto ético-político da profissão.
Relata o trabalho de um profissional do serviço social, nos centro de atenção psicossocial, seu desempenho profissional para com seus usuários, mostrando as condições básicas para o exercício da prática, conhecer,compreender e intervir, porém um dos grandes desafios do assistente social hoje é desenvolver sua capacidade de decifrar a realidade e construir propostas de trabalho criativo capazes de preservar e efetivar direitos partir das demandas emergentes no cotidiano.
Neste Portfólio foi desenvolvido uma entrevista com a Sr.Patricía Medeiros Silva Rita, esta por sua vez assistente social, à qualdesempenha sua função no município de Igreja Nova, no estado de Alagoas.O foco maior por ela relatado é sobre os centros de Atenção Psicossocial conhecido por muitos como (CAPS),hoje são considerados um dispositivo estratégico da política de saúde mental,e um dos elementos centrais do que há de mais inovador nas propostas da reforma psiquiátrica.Os CAPS são serviços de saúde abertos,comunitáriostendo como função prestar atendimento clínico em regime de atenção diária,evitando assim reinternações em hospitais psiquiátricos.é papel do profissional do serviço social promover a inserção social das pessoas com transtornos mentais por meio de ações conjuntas com outros profissionais,pois o objetivo da política de atenção psicossocial é a atenção para os indivíduos portadores de transtorno mentale usuários que se utilizem de diferenças drogas,estimulando a autonomia para viver com suas limitações e potencialidades,principalmente em momentos de recaídas ou de crises.




CARACTERIZAÇÃO DO SERVIÇO

Nome do município: Igreja Nova – Al
Ano de fundação do serviço: fevereiro de 2006
Números de usuários atendidos: 1165
Oferta de serviços públicos: coordenação, Assistente Social,Psicólogo CAPS, Psicólogo Ambulatorial, Terapeuta Ocupacional, Médica Psiquiátrica, Enfermeira, Farmacêutica, Pedagoga, Técnico Administrativo, Técnico de Enfermagem, Técnico Educacional, Artesã, Motorista, Cozinheira, Auxiliar de Serviços Gerais e Segurança.
Os usuários atendidos no CAPS dispõem de: Atendimento técnico individual; Atendimento técnico grupal; Visita técnica domiciliar; Palestraseducativas; Grupos e oficinas terapêuticas; Reuniões de família; Realização de atividades em datas comemorativas; Comemoração para os aniversariantes do mês. Além de atendimento Psiquiátrico, Psicológico e direito as medicações recebem ainda café da manhã, lanche, almoço e lanche da tarde.









DESENVOLVIMENTO

O processo de trabalho em saúde mental está orientado na busca de ruptura dobinômio isolamento social (cura); pois, este novo modelo esta orientado em uma concepção ampliada de saúde com base no sistema único de saúde, também conhecido por SUS, implicada numa relação com contexto econômico, cultural e social do país, ou seja, abarcam situações diferenciadas, tais como, moradia, renda, alimentação, saneamento, educação, acesso ao lazer e bens.
Frente à plasticidade é...
tracking img