Capitalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÃO
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SALVATERRA
CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM GEOGRAFIA
DISCIPLINA GEOGRAFIA ECONOMICA
DOCENTE CLODOALDO FERNANDES




AÉZIO FIGUEIREDO
ALEX COSTA
FÁBIO CÍCERO
JULIANE GOMES


RESUMO SOBRE “A 3ª FASE DO CAPITALISMO MONOPOLISTA E A 4ª FASE DO CAPITALISMO INFORMACIONAL”Salvaterra-PA
2013
A 3ª Fase do capitalismo: O Capitalismo Financeiro Monopolista (fim do século XIX até o final da década de 1960)
Na primeira fase da revolução industrial prevalecia a matriz energética do carvão-ferro-vapor, matrizes que foram substituídas pela eletricidade, o aço e o petróleo como fontes de energia na segunda revolução industrial (surgida por volta de 1860), permitindoassim desenvolvimento do motor a combustão e que resultou no surgimento do automóvel e do avião, expandindo assim os transportes, dinamizando-os. Fato que também ocorreu na indústria química. Neste mesmo período os meios de comunicação tiveram um avanço significativo com a invenção do telégrafo e do telefone. A industrialização deixou de se concentrar apenas na Inglaterra, expandindo-se paraoutros países da Europa como Bélgica, a França, e posteriormente a Itália, a Alemanha, a Rússia e mais tarde para os Estados Unidos e o Japão.
Destaca-se nesse período a produção em série, denominada fordismo no qual Henry Ford foi pioneiro nesse modelo de produção, aplicando-o em sua fábrica de automóveis. O fordismo também defendia que a empresa deveria dedicar-se a apenas um produto, além dedominar as fontes de matérias-primas. Pois nesse momento o que tem mais relevância é o processo de concentração e centralização de capitais, onde as empresas foram criadas e cresceram rapidamente, surgindo dessa forma as indústrias, os bancos, as corretoras de seguros, as casas comerciais entre outros. A acirrada concorrência favoreceu as grandes empresas, levando a fusões e incorporações queresultaram na formação de monopólios ou oligopólios em muitos setores da economia. Grandes corporações da atualidade foram fundadas nessa época: British Petroleum (1909), Coca-Cola (1886), Exxon (1882), Fiat (1899), General Eletric (1892), General Motors (1916), IBM (1911), Mitsubishi Bank (1880), Nestlé (1866), Siemens (1847).
A necessidade de garantir novos mercados consumidores, novas fontes dematérias-primas e novas áreas para investimentos lucrativos eram cada vez maiores. Foi nesse momento do capitalismo, de acirrada concorrência entre as novas potências industriais, que surgiu a expansão imperialista europeia na África, onde, por meio do tratado de Berlim, o continente africano foi retalhado, partilhando-o entre eles, sendo que a disputa por territórios culminou em um fato histórico degrande marco que foi a 1ª Guerra Mundial. Esse fato consolidou a divisão internacional do trabalho (DIT), no qual as colônias se especializavam em fornecer matérias-primas de baixo custo para os países que então se industrializavam, onde os mesmos vendiam sua crescente produção industrial. Essa divisão consolidou-se na fase do capitalismo industrial. As empresas burguesas agora são o principalagente e beneficiário dessa divisão e não mais o Estado, fator que o diferenciou do colonialismo do século XVI.
No final do século XIX também surgia uma potência industrial fora da Europa: os Estados Unidos da América, que exerceu seu imperialismo na América Latina baseado no controle político e militar. Ao mesmo tempo vai se consolidando, particularmente nos Estados Unidos, um vigoroso mercado decapitais, ou seja, as empresas vão deixando de ser familiares e passando a ser sociedades anônimas de capital aberto, isto é, empresas que negociam suas ações em bolsas de valores. Isso permitiu a formação das corporações da atualidade, cujas ações estão, em toda parte, distribuídas entre milhares de acionistas.
Após a crise de 1929, o Estado passa a intervir diretamente na economia, sendo o...
tracking img