Cancer de protata

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3993 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA
FRANCISCA RAYSA
HEID SHÊNIA
JORDANA LIRA
JOSIANE BARBOSA
JOSILANE LIRA
JOSÉ ERONILDO
SEVERINO MARQUES

TERMOGÊNESE

JOÃO PESSOA - PB
2012
FRANCISCA RAYSA
HEID SHÊNIA
JORDANA LIRA
JOSIANE BARBOSA
JOSILANE LIRA
JOSÉ ERONILDO
SEVERINO MARQUES

TERMOGÊNESE

Trabalho a ser apresentado à disciplina de Biofísica do terceiro períododo curso Enfermagem da faculdade de Enfermagem de Nova Esperança – FACENE, com intuito da 2° nota da matéria. Professor Fabrício de Melo Garcia.

JOÃO PESSOA - PB
2012
RESUMO

A termogênese tem a ver com energia. O conceito é muito bem aceito que a energia é criada nem destruída. A energia é transformada, convertido, transportado e armazenado. Nocorpo humano, é da mesma maneira. Nossa energia vem para o nosso corpo como alimento que nós comemos. Todo mundo conhece a medida da energia é em calorias. Uma caloria é a quantidade de calor necessária para aquecer um grama de água um grau Celsius. Calorias são a energia armazenada no alimento. À medida que levá-la para dentro do corpo, a energia é transformados ou armazenados.
A termogênesecorresponde à energia na forma de calor gerada ao nível dos tecidos vivos. A quantidade de calor produzida é diretamente proporcional à taxa de metabolismo corporal (40-60% da energia proveniente da hidrólise do trifosfato de adenosina – ATP, é perdido sob a forma de calor).
O ATP, e encontrado no citoplasma e no nucleoplasma de todas as células e praticamente todos os mecanismo fisiológicos quenecessita de energia para sua operação a obtém diretamente do ADP( ou de algum outro composto semelhante rico em energia,como, por exemplo, o trifosfato de guanosina, GTP).


SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO 5
2. TERMOGÊNESE BIOLÓGICA 6
2.1 TERMOGÊNESE MECÂNICO 6
2.2 TERMOGÊNESE QUÍMICA 6
3. PAPEL DO TRIFOSFATO DE ADENOSINA (ATP) NO METABOLISMO 7
4. EQUILÍBRIO ENTRE A PRODUÇÃO E APERDA DECALOR 8
4.1 O SISTEMA ISOLANTE DO CORPO 8
4.2 TRANSFERENCIA DE CALOR,ATRAVÉS DO FLUXO SANGUINEO, DO CENTRO DO CORPO PARA PELE 8
5. PERDA DE CALOR 9
5.1 RADIAÇÃO 9
5.2 CONDUÇÃO 9
5.3 CONVECÇÃO 10
5.4 EVAPORAÇÃO 11
6. REGULAÇÃO DA TEMPERATURA CORPORAL 12
6.1 SENSORES TÉRMICOS 12
6.1.1 HIPOTÁLAMO ANTERIOR E ÁREA PRÉ-ÓPTICA 12
6.1.2 RECEPTORES CUTÂNEOS TÉRMICOS 126.1.3 RECEPTORES EXISTENTES EM ÓRGÃOS CORPORAIS PROFUNDOS 13
6.2 CENTRO INTEGRADOR 13
6.3 SISTEMAS EFERENTES 14
6.3.1 SISTEMA NERVOSO CENTRAL 14
6.3.2 SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO 14
7. FATORES QUE AFETAM O METABOLISMO COMRPORAL 15
8. METABOLISMO BASAL 15
9. LIMITES EXTREMOS DE TEMPERATURA TOLERÁVEIS 16
10. DISTUBIOS RELACIONADO PELA PERDA DE CALOR 16
11. DISTUBIOSPELACIONADO AO FRIO 17
12. REFERÊNCIAS 18

1. INTRODUÇÃO

O ser humano é um ser homeotérmico, isto é, possui a capacidade de manter a temperatura corporal dentro de certo intervalo pré-determinado apesar das variações térmicas do meio ambiente (homeostasia térmica).
Temoregulação é um termo que, em biologia, se refere ao conjunto de sistemas de regulação da temperatura corporal de alguns seresvivos (em especial, dos mamíferos e das aves). Esta regulação é exercida graças à coordenação entre a produção (termo gênese) e libertação (termodispersão) do calor orgânico interno.
A Temoregulação é, deste modo, um mecanismo de homeostasia, já que na presença de grandes oscilações térmicas externas, possibilita a manutenção da temperatura corporal dentro de fronteiras definidas
A termogênesecorresponde à energia na forma de calor gerada ao nível dos tecidos vivos, ou seja, produção de calor a partir da atividade metabólica do organismo. A quantidade de calor produzida é diretamente proporcional à taxa de metabolismo corporal (40-60% da energia proveniente da hidrólise do trifosfato de adenosina – ATP é perdido sob a forma de calor) (GUYTON; HALL, 2008).
As primeiras observações...
tracking img