Bullying

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2261 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Este trabalho se propõe reflete sobre o bullying no ambiente escolar, a influência do professor na prevenção e combate do bullying dentro da sala de aula, como em discutir medidas que ajudam na redução desse fenômeno que vem crescendo no ambiente escolar.
O bullying pode estar presente na maioria das salas de aula, e fica evidente que o educador precisa compreender o que ébullying e como identificá-lo.
O bullying é de origem inglesa, a partir da década de 1970, começou as investigações sobre jovens suicidas na Suécia, e descobriu que jovens sofriam ameaças, portanto, essa agressão mais tarde foi chamada de bullying.
Sendo assim, o presente trabalho tem o objetivo de oferecer uma perspectiva mais holística aos educadores, diretores e formuladores de projetos pedagógicosna área escolar, e tende também focar a importância da influência do professor diante do bullying na sala de aula e de como combatê-lo.
A ocorrência do fenômeno contra crianças e adolescentes, tem sido divulgada na mídia e em site anti-bullying. Por isso, este artigo iniciará com um breve resgate histórico, bem como abordará de questões importantes que estarão citadas, partindo de umreferencial teórico que acrescenta estudos de autores que pesquisam e discutem a temática do bullying.

1. Um breve histórico

Apesar de o termo bullying ser novo, o fenômeno já é muito antigo. E começou a ser investigado na década de 1970, e as primeiras investigações ocorreram na Suécia. Sendo que na Noruega o Professor Dan Olweus, ao pesquisar as tendências suicidas entre jovens, ele descobriu que amaioria dos jovens tinha sofrido ameaça e que, portanto, bullying era um mal a combater. A partir de então, foram realizadas inúmeras pesquisas e campanhas para reduzir os casos de comportamentos agressivos nas escolas.
Em 1997, no Brasil, foram realizadas diversas pesquisas. A primeira foi pela professora Marta Canfield e seus colaboradores; a segunda pelos professores Israel Figueira e CarlosNeto em 2000-2001; e a terceira pesquisa “foi desenvolvida pela Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância e Adolescência”. Os dados coletados revelaram que 40,5% dos alunos entrevistados disseram estar.
envolvidos em episódios de violência. A pesquisa também “demonstrou que o bullying em nossas escolas se encontra com um índice mais elevado do que os apresentados em paíseseuropeus. Ou seja, no Brasil a questão do bullying é pouco estudada, e isso implica no aumento de casos não detectados no ambiente escolar, ou em qualquer lugar.

2. Conceito de bullying

A palavra inglesa Bullying ainda não tem uma tradução para o português, mas significa valentão, brigão, ameaça ou intimidação e, embora seja ainda pouco conhecida, refere-se a uma prática freqüente nasescolas.
A definição universal de bullying é compreendida como um subconjunto de
comportamentos agressivos, intencionais e repetitivos que ocorrem sem motivação
evidente, adotado por um ou mais alunos contra outro, causando dor, angústia e
sofrimento.
Pesquisadores em todo o mundo têm direcionado os seus estudos para o fenômeno de bullying, que tem vindo a tomar aspectos preocupantes, tantopelo seu crescimento, quanto por atingir faixas etárias, cada vez mais baixas.

Como podemos perceber, o bullying acontece em qualquer lugar, e se ter um conhecimento sobre esse assunto, nos ajuda a identificá-lo.

2.1 Os tipos de bullying

• O verbal: é quando o agressor chama nomes, é sarcástico, faz calúnias ou goza com alguma característica particular de alguém, como: gordo; quatroolhos, etc.
• O físico: é quando o agressor agride o outro com beliscões, puxões, e até chegar a bater ou violentar fisicamente o outro;
• O emocional: que acontece quando o grupo exclui, atormenta, ameaça, amedronta, ridiculariza, manipula e ignora a vítima;
• O Racista: que se caracteriza em ofender alguém mencionando a cor de sua pele, pela diferenças culturais, religiosas e étnicas;
• O...
tracking img