Bullying

Páginas: 7 (1742 palavras) Publicado: 16 de novembro de 2013
GERONASSO, Jociane Emídia Silva. POLÍTICAS E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFESSORES DA ESCOLABÁSICA SOBRE O BULLYING - PUC PR/ SMED-Araucária, Agência Financiadora: CAPES

Este texto apresenta um estudo sobre as representações que os professores da escola básica têm sobre o bullying como esse fenômeno refere-se em relação às políticas educacionais e sociais e como as políticas sociais eeducacionais estão se referindo a este fenômeno. As representações dos professores apontam o bullying como um fenômeno ancorado na agressão verbal de maneira aleatória e não como um processo contínuo. As políticas sociais e educacionais parecem deixar para outras instâncias a orientação e prevenção do fenômeno bullying.
Nas escolas, a presença da violência é muito significativa e uma das formas deviolências encontrada na educação básica é o bullying que não pode ser confundido com violência de um modo geral. É um fenômeno que apresenta características próprias.
O fenômeno do bullying sempre esteve presente nas escolas, no entanto é a partir da década de 1990 que ele começa a fazer parte de investigações científicas.
Nogueira (2007, p. 93) relata que “pesquisadores de todo o mundo atentampara esse fenômeno apontando aspectos preocupantes quanto ao seu crescimento e, principalmente, por atingir os primeiros anos de escolaridade”. O bullying pode causar medo, constrangimento, angústia e raiva reprimida, o que vem interferindo no processo de ensino e aprendizagem, como aponta Fante (2005, p. 24).
Os professores hoje lidam com uma diversidade maior em sala, o que leva os profissionaisa ter a exigência de organizar diferentes situações de aprendizagem e realizar encaminhamentos de mediação entre os alunos, sendo no ambiente escolar onde acaba ocorrendo o encontro das diversidades.
Todas as interações humanas, que surjam entre duas pessoas ou entre dois grupos, pressupõem representações” e essas representações são essenciais para que se compreenda como o fenômeno bullying estáse relacionando atualmente com o trabalho docente.
A autorA realizou essa pesquisa com respaldo metodológico, abordagem qualitativa, apoiadas em Bogdan e Biklen (1994) e Lüdke e André (1986). A primeira parte, refere-se aos levantamentos bibliográficos sobre as políticas sociais e educacionais, as representações sociais e a violência escolar, com enfoque ao bullying e das legislaçõeseducacionais relacionadas à formação de professores de escola básica e sobre o bullying.
A segunda parte, são resultado da coleta de dados através de uma entrevista estruturada realizada em Curitiba-PR, em uma escola municipal e outra estadual de cada município, ambas situadas em bairros de grande vulnerabilidade social. Em cada estabelecimento de ensino, foram entrevistados 20% do total de cadacategoria.
A terceira parte traz a análise dos dados coletados, utilizando-se do aporte teórico das representações sociais, das políticas educacionais e dos estudos sobre bullying. Os dados das questões abertas foram sistematizados e analisados com apoio na análise de conteúdo e do aporte teórico indicado.
Cabe ao professor promover um trabalho que priorize este desenvolvimento integral do seu alunomediante o apoio do governo e da sociedade. Como o bullying é um problema que, geralmente, ocorre nas escolas e o professor de Educação Básica é o profissional que atua diretamente com as crianças e adolescentes, devido aos problemas gerados por esse fenômeno, muitas pesquisas têm sido realizadas para alertar a sociedade e os responsáveis por políticas educacionais sobre a necessidade de queprovidências são imprescindíveis para a superação e a prevenção desse ato.
A criação e a implementação de legislações estabelecem uma mobilização da sociedade para a construção de uma sociedade mais democrática, avançando em direção de condições favoráveis para que os atos de bullying sejam eliminados e que o direito de todos seja garantido na forma da lei.
Essas leis apresentam sugestões de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Bullying
  • Bullying
  • Bullying
  • Bullying
  • O Bullying
  • bullying
  • Bullying
  • Bullying

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!