Brics

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Países BRIC ou as novas potências emergentes.
www.portugaliza.net 01/07/2007. Brasil, Rússia, India e China conformam o denominado grupo BRIC de grandes países emergentes do século XXI.
BRIC é um acrônimo acunhado para designar os quatro principais países emergentes do mundo: Brasil, Russia, India e China. Usando as últimas projeções demográficas e modelos de acumulação de capital ecrescimento de produtividade, o grupo Goldman Sachs mapeou as economias dos países BRICs até 2050. Especula-se que esses países poderão tornar-se a maior força na economia mundial em menos de quatro décadas.
Se os resultados correrem como o esperado em menos de 40 anos as economias BRICs juntas poderão ser maiores que as dos G6 (Estados Unidos da América, Japão, Reino Unido, Alemanha, França e Itália) emtermos de PIB.
Um estudo realizado pelo grupo Goldman Sachs ressalta que cada um dos quatro países BRICs enfrenta desafios diferentes para manter o crescimento na faixa desejável. No entanto, se os BRICs chegarem pelo menos próximos das previsões, as implicações na economia mundial serão grandes. A importância relativa dos BRICs como fonte de novas demandas de crescimento e poder de gasto podemudar mais sensível e rapidamente do que se imagina a economia mundial.

Os BRICs possuirão mais de 40% da população mundial e juntos terão um PIB de mais de 85 trilhões de dólares (US$). Esses quatro países não formam um bloco político (como a União Europeia), nem uma aliança de comércio formal (como o Mercosul e ALCA) e muito menos uma aliança militar (como a OTAN), mas formam uma aliança atravésde vários tratados de comércio e cooperação assinados em 2002 para alavancar seus crescimentos.
Em 2050, os BRICs já serão as maiores potências econômicas do mundo; ultrapassando assim a União Européia e o ainda em crescimento Estados Unidos da América. Formado-se um bloco econômico, seria uma parceria perfeita para o sucesso extremo e a onipotência mundial.
O papel do Brasil.
Neste cenário oBrasil desempenharia o papel de país exportador agropecuário, tendo como principais produtos a soja e o boi. Tudo isso seria necessário para alimentar mais de 40% da população mundial. A cana de açúcar também desempenharia papel fundamental na produção de combustíveis renováveis e ecologicamente corretos, como o álcool e a recente atração, o biodiesel. Além de fornecer matérias-primas essenciais apaíses em desenvolvimento, como o petróleo, o aço e o alumínio, que também são encontrados nos parceiros latinos, fortemente influenciados pelo Brasil, como Argentina, Venezuela e Bolívia. Mas talvez o mais importante papel do Brasil estaria em suas reservas naturais de água, na fauna e na flora, ímpares em todo o mundo, que em breve ocuparão o lugar do petróleo na lista de desejos dos líderespolíticos de todos os países. O Brasil ficaria em 5º lugar no ranking das maiores economias do mundo em 2050.
O possicionamento da língua galego-portuguesa neste contexto.
O papel reservado para a língua galego-portuguesa neste novo cenário poderia ter uma importância relativamente central por ser língua oficial em dois dos países BRIC: No Brasil onde é a língua nacional e na Região Administrativade Macau na China onde partilha oficialidade com o Chinês-Mandarim.
O galego-português é portanto a única língua com presença real (e aínda falada também por pequenas comunidades em Goa na India) em dois dos países BRIC. Questão que suporá sem dúvida uma revalorização futura da que já é hoje uma língua global.

BRICs impulsionam economia mundial, diz estudo

A força da economia dos paísesdo BRICS(Brasil, Rússia, Índia China e África do Sul) tem aumentado sua importância global. Enquanto economias consideradas maduras estão enfrentando problemas de déficits orçamentários, crescimento pífio e aumento do desemprego, os BRICS estão expandindo rapidamente, reduzindo a pobreza e guiando a economia mundial. A estimativa é que o grupo corresponda a 37% do crescimento global de 2011 até...
tracking img