Brasil,um pais de diversidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2175 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL














título do trabalho
SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER


































título do trabalho
SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER








Trabalho apresentado ao Curso (nome do curso) da UNOPAR - Universidade Norte doParaná, para a disciplina [Nome da Disciplina].


Prof.





















Itapetinga

2011

























































1.Introdução



Pensar e viver no mundo atual passa pela diversidade de indivíduos, grupos e culturas. Para uma convivênciapacifica é preciso o respeito e tolerância, entendendo as diferenças culturais não como fruto da desigualdade, mais como reconhecimento do plural e diverso.

Os direitos humanos baseiam-se na natureza humana de cada pessoa e por isso devem ser protegidos e respeitados pelo poder público. Procedem de uma concepção política e também de um ideal moral que tem como princípio o respeito incondicionalpor todas as pessoas, de modo que cada pessoa e cada comunidade tenham o mesmo direito a sua cultura, a sua personalidade e suas tradições.

Neste contexto entra em discussão a ética, que é construída com base nos valores sociais e culturais de uma sociedade. Outras correntes filosóficas afirmam que o objetivo fundamental da ética é ajudar a viver bem em meio a diversidade de culturas, raças eetnias existentes. O Brasil é um interessante caso a se estudar, visto que, é um país com uma grande diversidade étnica, onde muitas vezes o direito da outra existir não é respeitado.

O período escravocrata do nosso país foi o ápce do desrespeito do outro e de sua dignidade, até que chegou o momento dos negros se rebelarem e buscarem um meio, neste caso um lugar, de expressar suas tradições,que estavam sendo cada vez mais arrancadas. Com a fuga das senzalas os negros se reuniam em aldeamentos quilombolas, onde podiam gozar de um pouco de liberdade e alteridade.

Com o passar dos anos as diferenças culturais no Brasil ficaram cada vez mais evidentes, o respeito pelas mesmas não. Isso explica o fato de muitas tradições de outros povos serem tomadas como malditas por aqueles que adesconhecem. Isso viola o “ direito a diferença” existente no código dos direitos humanos.

Na realidade social do Brasil o código dos direitos humanos não são as linhas que guiam a atuação de todos os homens e mulheres.

2.Desenvolvimento



A formação de uma estrutura social específica – a sociedade capitalista – leva a uma reflexão sobre a sociedade, suas transformações, suas crises,e sobre seus antagonismos de classe.

Na formação da sociedade capitalista os acontecimentos históricos foram cruciais, pois a partir dos mesmos passaram a surgir a formação de grupos sociais. O crescimento da produção econômica por meio da Reveolução Industrial e sua contribuição para a nova versão dos modos e meios de produção, contribuiu para a formação da sociedade capitalista que graças aconstate mundança social se tornou a sociedade conteporânea.

Nesse sistema econômico as relações entre os indivíduos é paltada na posse do capital, ou seja, aquele que é proprietária do capital ou meio de produção compra a força de trabalho de terceiros para a produção de bens que, após serem vendidos, o proprietário será restituido do capital investido. Com isso surgiram as classes sociais eas diferenças entre as mesmas. Aqueles que são detentores do capital fazem parte de uma pequena minoria, enqanto o proletariado faz parte de uma esmagadora maioria.

O advento do capitalismo abriu caminho para os primeiros problemas sociais. A classe trabalhadora, o proletariado, viveu sob duras condições de trabalhos durante a Revolução Industrial .Devido a esse fato surgiram organizações de...
tracking img