Black

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 43 (10571 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DISCIPLINA DE DIDÁTICA: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO a partir dos planos de ensino




Introdução:

De que forma os professores de Didática têm interpretado a possível contribuição desta disciplina para a formação de professores?
Ao iniciar esta pesquisa estávamos cientes de que a proposta de uma disciplina num curso de formação inicial de professores é apenas um contraponto nas múltiplasconfigurações do processo de se construir a formação docente; no entanto estávamos interessadas em compreender as significações elaboradas pelos formadores ao recortar o campo conceitual da Didática e eleger aquilo que, pressupõe-se, escolhem como categorias fundamentais à formação de futuros docentes. Pensávamos em compreender as interfaces da Didática na significação, nas práticas e nos sabereselaborados por aqueles que estão, de alguma forma, tecendo e engendrando processos formativos de docência.
Partimos do pressuposto de que ainda há muitas controvérsias e contradições na consideração do estatuto epistemológico da Didática, e que este objeto de conhecimento encontra-se em constante revisão pelos profissionais da área que, após vários estudos críticos, a colocaram em questão[1] ou,conforme afirma Candau (2002):

A Didática passa por um momento de revisão crítica. Tem-se a consciência da necessidade de superar uma visão meramente instrumental e pretensamente neutra do seu conteúdo. Trata-se de um momento de perplexidade, de denúncia e anúncio, de busca de caminhos que têm de ser construídos através do trabalho conjunto dos profissionais da área com os professores deprimeiro e segundo graus. É pensando a prática pedagógica concreta, articulada com a perspectiva de transformação social, que emergirá uma nova configuração para a Didática. (Candau, 2002, p.14)


Essa nova configuração para a Didática implicava assumir o que se definiu no documento-síntese produzido pelo Seminário “A Didática em Questão” em 1982, ou seja, enfrentar o desafio para a superaçãode uma Didática instrumental, pautada exclusivamente nos aspectos técnicos da prática docente, mas dissociados das demais dimensões, daí o tecnicismo que a informa, além de desarticulada do contexto social e dos problemas reais da prática pedagógica e, propor a construção de uma Didática fundamental. O encaminhamento para tal construção no âmbito do ensino e da pesquisa na área deveria se assentarna multidimensionalidade do processo de ensino-aprendizagem articulando as dimensões técnica, humana e político-social da prática pedagógica; na análise da prática pedagógica concreta e seus determinantes; na contextualização da prática pedagógica procurando repensar as dimensões técnica e humana, sempre situando-as; na análise e explicitação dos pressupostos e implicações das diferentesabordagens de ensino-aprendizagem e na reflexão sobre experiências concretas, procurando trabalhar continuamente a relação teoria-prática (CANDAU,1985).


Ao buscar analisar os planos de ensino de Didática, especialmente nos cursos de Licenciatura, o que nos moveu foi identificar nos caminhos das práticas de formação as interpretações que os sujeitos dessa prática elaboraram para possivelmentecontribuir com esta nova possível/provável configuração da Didática, para além de uma concepção meramente instrumental e aplicacionista de seus conteúdos e métodos.
Essa busca nos colocou em uma situação de perplexidade, de indefinição e trouxe à tona problemas mais estruturais que, em um primeiro momento, nos impediu a utilização pura e simples dos conteúdos dos planos. Fizemos aanálise de 76 planos de ensino, alocados em instituições de diferentes estados brasileiros; de diferentes tipos de instituição e a diversidade foi tão grande que nos levou a caracterizar esse estudo como exploratório e a nos indicar a pertinência de analisá-los na perspectiva de “facetas”, uma vez que o termo faceta significa uma das múltiplas faces lavradas da pedra preciosa.; ou mesmo, um dos...
tracking img