Biologia celular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (274 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
*** Se a membrana plasmática permite, com facilidade, a entrada e saída de substâncias menores que três carbonos, por que o transporte de íons Na+ e K+ requer gastode energia? Realmente, a membrana plasmática deixa passar livremente estes íons devido ao pequeno tamanho que apresentam. Eles atravessam a membrana por um processo queé chamado de difusão, ou seja, partem de um meio mais concentrado para outro de menor concentração através de um processo passivo que não requer gasto de energia. Épela difusão que o O2 que respiramos penetra nas células e que os nutrientes minerais presentes no solo são absorvidos pelas células das raízes das plantas. É tambémpor este processo que as células que revestem internamente o intestino dos animais, absorvem nutrientes minerais e pequenas moléculas presentes no alimento digerido. Noentanto, como a difusão é um processo de fluxo de mais para menos, chega um momento em que ela pára, pois as concentrações dentro e fora da célula tendem a se igualar.Quando isso acontece, entram em ação certas proteínas que agem como bombas, jogando coisas para fora ou para dentro, dependendo da necessidade da célula. E o queacontece, por exemplo, com as hemácias do sangue. Essas células apresentam internamente, uma concentração de íons K+ vinte vezes maior do que a existente no plasmacircundante. Por outro lado, no plasma, a concentração de íons Na- é vinte vezes maior que no interior das hemácias. Este desequilíbrio permanece por toda a vida dessascélulas, o que não poderia se dar pelo simples processo de difusão. O que ocorre é que a hemácia constantemente joga K+ para dentro e Na- para fora, e isto só é possí-
tracking img