Biografia revolucao francesa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (807 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Olympe de Gouges

Olympe de Gouges

A condição feminina na França revolucionária
A condição feminina na França revolucionária

Marie Gouze, conhecida por Olympe de Gouges nasceu em Montauban(sudoeste de França), no seio de uma família oriunda da pequena burguesia, a 7 de Maio de 1748. Para além do seu desempenho como feminista e revolucionária foi jornalista, historiadora e ainda escreveualgumas peças de teatro.
Apesar de ser uma mulher bastante bonita e inteligente teve uma educação pouco cuidada. Era semianalfabeta pois não sabia ler nem escrever correctamente.
Em 1765 casou comLuis Aubry, casamento esse que originou um filho, Pierre. Cinco anos depois, em 1770 o marido acaba por falecer.
No ano de 1774 escreveu uma peça de teatro onde censurava a escravatura denominada“L'Esclavage des Nègres”.
Após a morte do seu pai biológico em 1784,Olympe começa a escrever ensaios e manifestos.
Começa a entrar fortemente nas actividades revolucionárias e frequentava regularmenteas associações na Assembleia
Em 1791 entrou para uma associação, “Cerce Social ”cujo o objectivo era a luta pela igualdade dos direitos políticos e legais relativamente às mulheres. Também neste mesmoano escreveu a Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã onde expunha os direitos reivindicados pelas mulheres que não se encontravam na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, e ainda oContrato Social onde propunha o casamento com relações de igualdade entre os parceiros.
Artigo primeiro
A Mulher nasce livre e permanece igual ao homem em direitos. As distinções
sociais só podemser fundamentadas no interesse comum.
Artigo segundo
O objectivo de toda associação política é a conservação dos direitos naturais e
imprescritíveis da Mulher e do Homem. Estes direitos são aliberdade, a propriedade, a
segurança, e, sobretudo, a resistência à opressão.
Artigo terceiro
O princípio de toda soberania reside essencialmente na Nação, que nada mais é
que a reunião da mulher e...
tracking img