Biografia heitor villa lobos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1479 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Biografia
Heitor era filho de Noêmia Monteiro Villa-Lobos e Raul Villa-Lobos, ele nasceu no dia 5 de março de 1887, no Rio de Janeiro ( bairro das Laranjeiras), seus pais sempre o incentivaram aos estudos, e sua mãe queria que ele fosse médico.
Porém, Raul Villa-Lobos (seu pai), que era funcionário da Biblioteca Nacional e músico amador, deu-lhe instrução musical e adaptou uma viola paraque Heitor iniciasse seus estudos de violoncelo. Aos 12 anos Heitor fica órfão de pai, que aos 36 anos morreu vitma de varíula, deixando a situação da sua grande familia em estado critico.
Estado esse que só melhorou com a venda dos livros raros de seu pai para o Senado Federal.
Após terminar seu curso de humanidades, por pressão da sua mãe Heitor se matriculou na escola de medicina, porémcursou somente o primeiro ano.
Em 1903 Villa-Lobos passou a tocar violoncelo em teatros, cafés e bailes; paralelamente, interessou-se pela intensa musicalidade dos "chorões", representantes da melhor música popular do Rio de Janeiro, e neste contexto, desenvolveu-se também no violão.
De temperamento inquieto, ele viajava desde cedo, sempre para o interior do Brasil, onde ele foi absorvendo asprimeiras etapas de todo universo musical brasileiro
No ano de 1913, Heitor se casou com a pianista Lucília Guimarães, indo viver no Rio de Janeiro, e nessa época Villa-Lobos encontrou-se em intensa atividade criadora, abordando os mais variados gêneros.
Em 1917, Heitor conheceu o músico de vanguarda francês Darius Milhaud. Após dois anos, embora de forma indireta, o músico francês proporcionou aHeitor o seu importante encontro com o famoso pianista Arthur Rubinstein.
Semana de Arte Moderna

Em 1922 Villa-Lobos participa da Semana da Arte Moderna, no Teatro Municipal de São Paulo convidado por Graça Aranha apresentando-se em três dias com três diferentes epetáculo.
Dia 13 Dia 15 Dia 17
Segunda Sonata O Ginete do Pierrozinho Terceiro Trio
Segundo Trio Festim Pagão Historietas: Lunede Octobre; Voilà la Vie;
Je Vis Sans Retard, Car vite s'écoule la vie
Valsa Mística (simples coletânea) Solidão Segunda Sonata
Rondante (simples coletânea) Cascavel Camponesa cantadeira (suíte floral)
A Fiandeira Terceiro Quarteto Num Berço Encantado (simples coletânea)
Danças Africanas Dança Infernal e Quatuor (com coro feminino)

O sucesso alcançado através seus espetáculos permitiuno ano seguinte que Heitor embarcasse para Europa, voltando para o Brasil em 1924.
Ele viajou novamente para a Europa em 1927, em companhia de Lucília, financiado pelo milionário carioca Carlos Guinle.
Dessa vez ele obteve o sucesso desejado, ao apresentar-se em 24 de outubro e 5 de dezembro de 1927, na Sala Gaveau, em Paris, daí em diante foi reconhecido e consagrado.
Apesar de já famosoem toda a Europa, com obras apresentadas por grandes regentes, ele retornou novamente ao Brasil em 1930, quando realizou uma turnê por sessenta e seis cidades.
Realizou também nesse ano a " Cruzada do Canto Orfeônico" no Rio de Janeiro. Seu casamento com Lucília acabou na década de 1930.
Vila Lobos como educador

Villa Lobos ficou muito preocupado com descaso com que a música era tratadanas escolas brasileiras, então ele apresentou um revolucionário plano de Educação Musical à Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. A aprovação do seu projeto levou-o a mudar-se definitivamente para o Brasil.
Em 1931, reunindo representações de todas as classes sociais paulistas, organizou uma concentração orfeônica chamada "Exortação Cívica", com a participação de cerca de 12 mil vozes.Após dois anos de trabalho em São Paulo, Villa-Lobos foi convidado oficialmente por Anísio Teixeira, então Secretário de Educação do Estado do Rio de Janeiro, para organizar e dirigir a Superintendência de Educação Musical e Artística (SEMA), que introduziu o ensino da música e do canto coral nas escolas, para isso, ele compoz o Guia Prático (1932), antologia folclórica que também foi...
tracking img