Biografia david ricardo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ricardo vivenciou duas das principais revoluções conhecidas na história: a Revolução Industrial e a Revolução Francesa.
A primeira se deu na Inglaterra em meados do século XVIII, devido a uma série de transformações no método de produção. Ela se caracteriza pela divisão do trabalho, assim como pela evolução da mecanização que substituía o modo artesanal pelo uso da máquina. O uso da energia avapor permitiu maior lucro para os empresários e, estes, graças à concorrência capitalista, puderam desenvolver aparelhos cada vez mais tecnológicos e produtivos. Tal fato determinou o avanço da própria economia.
A busca de ganhos gera sistemas produtivos cada vez mais específicos, maiores e mais pesados. As indústrias têxteis e metalurgia procuram produzir em abundância visando ao excedente e aolucro. Já as outras só produzem a demanda gerando uma escassez encarece a mão-de-obra e elas são levadas a buscar ampliar a produtividade via mecanização crescente.
Com essa revolução, houve também mudanças na esfera social. Isso ocorre, pois os artesãos que antes detinham posse dos meios de produção e da mercadoria foram transformados em proletários. Assim, a força de trabalho deles é que setornaram mercadorias, sendo obrigados a empregá-la nas fábricas para poderem sobreviver.
Já a Revolução Francesa ocorreu em 1789 e tinha como lema a “igualdade, liberdade e fraternidade”. Ela foi uma expressão contra a antiga idéia absolutista e aristocrática, que privilegiava uma minoria da sociedade. A extensão e a igualdade dos direitos civis e políticos era agora aceitas como condição essencialpara a organização de uma vida social. O liberalismo político, sob forma de democracias constitucionais e parlamentares, tornou-se a forma de organização mais adequada ao regime de livre concorrência do capitalismo industrial. Devido a esse episódio, Ricardo passou a ser um dos maiores defensores do liberalismo, tanto no campo político como econômico.
Em sua obra Princípios de Economia Política eTributação, Ricardo expôs diversas idéias que até hoje permanecem atuais.
Uma delas é a teoria do valor trabalho, na qual o autor defende que o valor das mercadorias é determinado pela quantidade de trabalho necessário à sua produção - utilizando como referência a produção em condições mais desfavoráveis-, não dependendo de sua abundância, mas sim do grau de dificuldade implícito. Essa idéia eraconhecida por teoria do valor do trabalho incorporado. O valor de troca também pode ser derivado da escassez de bens não reprodutíveis, como as obras de arte. Ricardo ainda explica que em qualquer troca de mercadorias tende a haver uma troca de quantidades iguais de trabalho utilizado na produção.
Para Ricardo, a transferência do valor para o preço é dificultada pelo uso de máquinas, já queestas mudam a composição do capital e o trabalho investido para se produzir uma mercadoria. No entanto, o preço no mercado é semelhante, não levando em consideração a facilidade ou dificuldade da produção.
Em sua obra, Ricardo trata da teoria da distribuição do excedente entre as classes sociais, na qual mostrava as leis que regulamentavam a divisão do produto considerando as três classes dasociedade: os latifundiários, os trabalhadores e os capitalistas. O autor deixa clara a contradição entre os capitalistas e operários, já que, os primeiros ganham mais por investir mais e os segundos recebem apenas o necessário para sobreviver.
A teoria da renda da terra de Ricardo diz que a remuneração da terra deve-se à escassez e à diferenciação de produtividade entre elas. Assim, numa situaçãoideal, se todas as terras cultivadas tivessem a mesma produtividade, não haveria a formação de uma renda diferenciada na terra. Ou seja, o aluguel seria zero e os lucros corresponderiam ao resto do produto após o desconto dos salários. No entanto, numa situação real, é necessária a ocupação de terras de menor qualidade para abastecer a crescente demanda de alimentos. Nas melhores terras, portanto,...
tracking img