Biogeografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2990 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Biogeografia

No conjunto das discussões sobre meio ambiente e desenvolvimento, um dos temas que mais despertam interesse é o da conservação da biodiversidade, ou seja, da pluralidade das espécies que vivem num dado ambiente. Esse interesse, até mesmo de origem política, aponta para a importância do estudo da biogeografia, uma disciplina relativamente nova, estreitamente ligada à ecologia.Compreende-se por biogeografia a ciência que estuda a distribuição dos seres vivos no planeta, suas causas e conseqüências. Disciplina que constitui o elo da ligação entre a geografia física e a humana, a biogeografia envolve o conhecimento tanto da repartição atual das plantas e dos animais pelos variados ambientes em que sobrevivem, como dos fatores que intervêm nesse processo. Na abordagembiogeográfica, não há nada na natureza que exista isoladamente e por isso é indispensável conhecer as causas da associação ou afastamento de determinadas espécies, assim como os diferentes aspectos morfológicos pelos quais estas se apresentam.
Os grandes acontecimentos geológicos, como as glaciações, a separação dos continentes, as transgressões marinhas e formação das montanhas, foram os responsáveis maissignificativos pela caracterização da flora e da fauna de cada paisagem natural da Terra e, desse modo, por sua divisão biogeográfica. Em função da presença ou ausência de certos animais (zoogeografia) ou plantas (fitogeografia), os geógrafos dividiram a Terra em diversas regiões biogeográficas.
Regiões biogeográficas. A primeira divisão zoogeográfica foi realizada, no século XIX, pelo naturalistabritânico Alfred Russell Wallace, que tomou como modelo a distribuição dos mamíferos. Contemporaneamente, diferenciam-se cinco regiões zoogeográficas, que incluem a repartição das aves migratórias e dos cardumes de peixe, obviamente de definição mais difícil: (1) holártica, que contém as sub-regiões paleártica (Europa, norte da África e parte não-tropical da Ásia) e neártica (América do Norte);(2) paleotropical, que compreende as sub-regiões etiópica (restante da África e Arábia) e oriental (parte tropical da Ásia); (3) australiana (que reúne Austrália, Nova Zelândia, Nova Guiné e as ilhas tropicais do Pacífico); (4) neotropical (constituída da América do Sul e América Central); e (5) antártica.
As fronteiras entre essas diferentes regiões não são precisas, de modo que existem zonas detransição em que se podem achar espécies ligadas a duas regiões diferentes. Uma das zonas de transição mais extensas situa-se entre a sub-região oriental e a australiana. Compreende as ilhas Celebes, as Molucas e outros arquipélagos menores.
As regiões fitogeográficas são bem mais numerosas do que as zoogeográficas. Existem mais de trinta áreas diferentes. Essa diversidade, por si só, já indica oproblema que representa a seleção de critérios para determinar corretamente as divisões. Entre outras coisas, é preciso identificar as espécies que definem os limites de uma região e justificar a escolha do sistema que fundamenta tal distinção. Além disso, existem fatores que condicionam a expansão de algumas espécies. De modo geral, as plantas têm menos condicionamentos físicos para se expandir doque os grandes animais, já que suas sementes podem ser levadas a grandes distâncias pelo vento (dispersão anemocórica), pela água (hidrocórica) ou pelos insetos (entomocórica).
As grandes regiões subdividem-se em sub-regiões e estas em províncias, nas quais se tornam determinantes os fatores locais. Assim, portanto, é comum registrarem-se descontinuidades na distribuição das espécies animais evegetais por força de condições locais como as climáticas, as geológicas ou as intrínsecas das camadas superficiais do solo. À medida que se sobe uma montanha muito alta, por exemplo, verificam-se mudanças tanto na fauna quanto na flora. É comum, também, que um dos lados da montanha, aquele a que primeiro cheguem as massas de nuvens, registre maior volume de precipitação do que o outro. Um e...
tracking img