Bioclimatologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8250 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução Simultaneamente ao aumento das criações intensivas, surgiram os defensores do Bem estar animal, os quais protestam contra a retirada dos animais do seu meio para áreas reduzidas, onde em muitos casos eles acreditam estar havendo crueldade com os animais. Por outro lado há os que defendem que os animais em confinamento estão com seu bem-estar assegurado, pois este sistema de criaçãofornece o que o animal necessita para suas necessidades e que isto se comprova no desempenho dos animais em confinamento e que se os animais estivessem estressados não produziriam bem e não haveria retorno econômico. No meio destas discussões encontram-se os produtores que devem prover um ambiente adequado aos animais para propiciar seu Bem-estar e um bom retorno econômico. Porém, falta muito para seconhecer o comportamento dos animais, para que se possa afirmar que estes estão em ambiente adequado. Em qualquer sistema de produção animal é importante que as pessoas responsáveis pelos cuidados com os animais conheçam bem a espécie e a categoria com quem interagem. Isto pode ser alcançado com os estudos do comportamento animal, que permitem compreender como se dão às interações dos animais emseu ambiente de criação, que permitem evitar situações negativas que resultam em estresse e consequentes perdas econômicas. Este conceito é particularmente importante em sistemas de criação intensiva, uma vez que a maioria dos recursos necessários para os animais está sob controle humano, aumentando a responsabilidade de quem define as instalações e infra-estrutura de alojamento e realiza osmanejos. Neste trabalho serão abordados os três sistemas de criações para bovinos de leite: sistema extensivo, semi-intensivo e intensivo, o estresse e suas causas, manejos racionais na bovinocultura de leite, bem estar animal e os direitos dos animais.

Sistemas de criação de bovinos leiteiros: Sistema extensivo: Neste sistema na maioria das vezes o gado é mestiço, rústico de de dupla aptidão, oprodutor está interessado em vacas que produzam bezerros destinados a engorda, abate ou crias de reposição, o leite é um subproduto que aumenta a renda. Normalmente se faz uma ordenha durante o dia, em um curral rustico, em condições precárias, pouco higiênicas, após a ordenha a vaca é solta em pasto cercado. Em geral não é feita suplementação alimentar, de volumoso ou concentrado, apenassuplementação de minerais, as vacinações não são sistemáticas,não é feito controle de cobertura e a eficiência reprodutiva é baixa. Sistema semi-intensivo: Neste sistema no período seco do ano, é feita suplementação alimentar para animais, e no período das chuvas, a alimentação é feita a pasto, adotando-se pequena suplementação de concentrado durante, e complementação de volumosos e concentrado, após aordenha. Animais podem ser divididos em lotes por categorias e produtividade. Bezerros machos são descartados ao nascer, bezerras e novilhas são criadas em piquetes separados das demais categorias. Geralmente são feiras duas ordenhas diárias, em condições mais higiênicas e eficientes, as instalações são bem higienizadas, e o manejo profilático é realizado periodicamente, descartadas Sistema intensivo:Neste sistema os animais ficam confinados durante todo ano, recebendo alimentação adequada (volumoso, feno, concentrado) durante o período produtivo. A quantidade de volumosos chega a 35kg/animal/dia, são necessárias instalações mais complexas para abrigar animais e manejar resíduos restantes. Normalmente se consegue uma maior produção constante ao longo do ano, sem interferência significativa dasazonalidade climática. Possui desvantagens como:maior investimentos em instalações, maior insciência de problemas de casco, e contaminação devido a concentração de animais. Por estas razões o sistema deve ser recomendado para rebanhos compostos por 100 ou mais animais em produção os quais apresentem uma média acima de 20kg/leite/animal/dia. há controle de coberturas, em muitos casos há...
tracking img