Baterias chumbo acido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 82 (20454 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capitulo I
Redução no arraste de ácido sulfúrico no processo de formação das baterias chumbo-ácido.
Resumo
Neste capitulo será descrito brevemente todas os processos para a produção de uma bateria chumbo ácido assim como seu funcionamento e a química envolvida. Começando com um pequeno histórico com a finalidade de situar o leitor ao desenvolvimento dessa tecnologia que a mais de um século emeio vem sendo utilizada amplamente em todo o mundo e hoje é o principal meio de armazenamento de energia química. Ao final do capitulo será discutido alguns dos problemas encontrados no processo de formação, focalizando o arraste de ácido sulfúrico devido à decomposição do eletrólito que gera gases que acabam arrastando gotículas de ácido sulfúrico que se acumulam no ambiente tornando-o insalubre.E o desenvolvimento de um sistema simples e prático de proteção do Meio Ambiente mediante o fechamento dos vasos das baterias por lacres de chumbo que impede o arraste do ácido sulfúrico tornando o ambiente menos poluído e dispensando o uso dos caríssimos sistemas de filtros e lavagem de gases.

1.0. - Introdução
1.1 . - Histórico das baterias chumbo-ácido
O impulso para o desenvolvimentode fontes eletroquímicas de corrente foi dado pela experiência da “perna de rã” feita por Galvani em 1789. Mas tarde (1972), Volta conseguiu fontes de correntes práticas e úteis baseadas na descoberta de Galvani e desenvolveu a “Pilha de Volta” e a primeira teoria da produção eletroquímica de corrente.
A primeira bateria secundária ou acumulador foi apresentada por Ritter em 1801. Consistia deduas placas de cobre separadas por folhas de papel impregnadas com uma solução de cloreto de sódio (NaCl). Quando a corrente de uma fonte externa era aplicada a essa célula, era produzida uma polarização, e quando a fonte era desligada, a célula passava a sustentar uma corrente no sentido oposto.
Em 1836, John F. Daniell continuando a pesquisa realizada por Alessandro Volta descobriu a conhecida“Pilha de Daniel” que era muito mais eficiente e levou o físico francês Gaston Planté à descoberta da primeira bateria de chumbo-ácido. Isto foi em 1959. Esta constituía-se de duas folhas de chumbo separadas por tiras de borracha e enroladas em forma de espiral, as quais eram mergulhadas em ácido sulfúrico diluído. Com a primeira carga produzia-se eletricamente uma camada superficial de dióxido dechumbo no eletrodo positivo e de sulfato de chumbo no eletrodo negativo. Para aumentar a capacidade da célula, repetia-se várias vezes o processo de carga e descarga, ocasionando um aumento na área superficial dos eletrodos. Planté chamou este processo de formação dos eletrodos. A bateria de Planté era capaz de armazenar energia elétrica durante a carga e liberá-la durante a descarga,reversivelmente. As correntes fornecidas nas descargas era muito mais elevadas do que as das células galvânicas que haviam na época.
Entre 1866-1876 Siemens inventou o dínamo, o qual foi instalado rapidamente em muitas centrais elétricas. Para armazenar a energia elétrica produzida durante a noite nessas centrais, fez-se necessário a bateria de Planté. No entanto a etapa de formação dos seus eletrodosrequeria um elevado tempo. Visando diminuir esse tempo Fauré, em 1881, apresentou um processo de empastamento das placas planas com “mínio” (Pb3O4) a partir do qual podiam se formar mais facilmente os materiais ativos. Além disso, a bateria assim construída apresentava maior capacidade em relação as baterias de Planté. Em contrapartida, a aderência do material ativo às placas era deficiente.No mesmo ano, Volckmar requereu a patente de uma placa de chumbo com buracos, onde era colocada a massa feita de chumbo pulverizado misturado ao ácido sulfúrico (H2SO4). Isso melhorava a aderência, o que não era possível quando depositada sobre a placa de chumbo lisa. Este tipo de processo de empastamento classifica as placas como sendo empastada ou de Faure. Atualmente as placas empastadas...
tracking img