Barroco no sul do brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2668 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os jesuítas e a Companhia
de Jesus
- Considerados o exército de Jesus, os
jesuítas eram padres da Igreja Católica
pertencentes à ordem religiosa
Companhia de Jesus criada em 1539
pelo soldado espanhol Inácio de
Loyola.
- A ordem foi criada com o objetivo de
barrar o avanço da reforma
protestante vivida na Europa do século
XVI.
- Após viver um período de tolerância
cultural ereligiosa chamada de
“primavera renascentista”, baseado
nos ideais do filósofo Eramo de
Rotterdam, Portugal começou a ter
grande influência das principais ordens
religiosas
representantes
da
inquisição, entre elas a Companhia de
Jesus.
- Os Jesuítas foram ganhando espaço
até conseguirem autorização do Rei de
Portugal (de quem eram confessores) a
fundar sua própria rede de escolas euniversidades.
- Pouco tempo depois, a Companhia
de Jesus já estabelecia sua pedagogia
rígida e ortodoxa a todas as colônias
portuguesas, como o Brasil.

A chegada ao Brasil
- Os primeiros jesuítas desembarcaram na Bahia no ano de 1549, junto com a expedição do governadorgeral Tomé de Souza, liderados pelo padre Manoel da Nóbrega.
- Desde o início colonos e jesuítas entraram em conflito, pois,para os colonos, os nativos eram mão de
obra indispensável, barata e servil, porém para os jesuítas eles eram almas perdidas a serem resgatadas
pelo cristianismo.
- Mesmo em meio a estes conflitos a Companhia de Jesus estabeleceu-se no Brasil chegando a
coordenar sessenta povoados, alguns com mais de cinco mil habitantes.

A missão jesuítica no Sul do Brasil
- As primeiras reduções foramfundadas em 1609 as margens do rio Paranapanema, atual estado do
Paraná.
- Este primeiro período se estenderia até 1641, quando as reduções foram atacadas e devastadas pelos
bandeirantes paulistas em busca de escravos para as fazendas paulistas, metais preciosos e outras
riquezas.
- Reagrupados entre os rios Paraná e Uruguai, os jesuítas deram início ao reestabelecimento das
missõesinaugurando um período de onze décadas de paz.
- Isto só foi possível devido aos interesses espanhóis e portugueses em preservar seus limites
territoriais, utilizando os jesuítas e suas reduções como um estado-tampão.

A expulsão
- Em 1750 Portugal e Espanha assinam o tratado de Madri trocando a Colônia de Sacramento (território
português) pelos Sete Povos (território espanhol), que ficava amargem esquerda do rio Uruguai.
- Jesuítas e Guaranis deveriam cruzar o rio e abandonar o território dos Sete Povos em seis meses.
Como houve resistência, logo estourou a guerra Guaranítica.
- Em 1756 Portugal e Espanha juntaram seus exércitos para a expulsão definitiva dos jesuítas da região e
massacraram 1.511 guaranis mal armados.

Cena do filme “A Missão” (1986).

Logo da Ordem dosJesuítas.

A Missão Jesuítica no Sul
do Brasil
Objetivos espirituais:
- Evangelização: salvar as almas
pagãs
dos
povos
indígenas
resgatando-os para o cristianismo.
Objetivos políticos:
- Facilitar a livre navegação no rio
Paraná;
- Intimidar o contrabando entre os
territórios espanhóis e portugueses.

Padre Antonio Vieira

O Progresso do sistema reducional Jesuíta-Guarani
-Paciente processo missional construído em longo prazo, no decorrer do qual os jesuítas aprenderam a
dominar os dialetos Guaranis.
- Constituição das primeiras reduções em 1631 (Guairá e Itatim) e destruição das mesmas pelas tropas
bandeirantes paulistas comandadas pelo capitão português Antônio Raposo Tavares. É a fase em que se
conciliam os interesses dos guaranis e os jesuítas (proteção dosneófitos pelos jesuítas).
- Êxito do projeto como consequência das invasões luso-brasileiras sobre as aldeias dos primeiros
guaranis reduzidos, provocando a transmigração para a região Sul (1632).

- Reconhecimento dos padres jesuítas pelos índios como liderança espiritual, militar e material.
- Consolidação da conquista espiritual com índios verdadeiramente convencidos pelo cristianismo.
-...
tracking img